Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei recebe bandeira “Autarquia Solidária” que reconhece trabalho na área social

O Município de Vila de Rei recebeu o galardão e bandeira ‘Autarquia Solidária’, em reconhecido pelo trabalho desenvolvido na área social. Esta distinção foi atribuída pela primeira vez a nível nacional a 34 municípios pela plataforma Cidade Social, como “reconhecimento público de boas práticas implementadas pelos municípios portugueses nas áreas do Social, Desporto, Juventude e Educação”. A entrega do galardão e bandeira ‘Autarquia Solidária’ teve lugar em Torres Novas, no dia 3 de setembro.

- Publicidade -

Além deste galardão de ‘Autarquia Solidária’, a Câmara de Vila de Rei tem visto as suas políticas sociais serem destacadas a nível nacional, uma vez que foi considerado ‘Município + Familiarmente Responsável’ por 12 anos consecutivos.

As distinções pela plataforma Cidade Social permitem aos municípios aceder a um conjunto de recursos partilhados, que visam melhorar a qualidade da intervenção nas áreas desportiva e social, bem como promover a formação e capacitação dos técnicos municipais.

- Publicidade -

Com esta distinção, “o Município de Vila de Rei vê, uma vez mais, reconhecido o seu trabalho em prol da comunidade e do seu desenvolvimento sustentável, equitativo e solidário, numa missão que visa a promoção do bem-estar social e económico dos munícipes, com o recurso a técnicas de intervenção social que contribuam para estruturar, disponibilizar e mobilizar serviços que promovam o desenvolvimento e a capacitação dos indivíduos, por forma a construir uma sociedade apoiada nos valores da justiça, solidariedade e igualdade”, termina, em comunicado.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome