Vila de Rei | PS propõe Comissão Municipal de Turismo e sessões de Assembleia em horário pós-laboral

Foto: mediotejo.net

O Partido Socialista de Vila de Rei apresentou uma recomendação à mesa de Assembleia Municipal, no período antes da ordem do dia, na sessão realizada a 23 de setembro, no sentido de se criar uma Comissão Municipal de Turismo. Pela voz da deputada Diana Lucas, o PS sugeriu que esta comissão pudesse servir para alavancar o desenvolvimento e estratégia no âmbito do turismo, unindo todos os agentes e eleitos locais. A segunda proposta foi no sentido de se ponderar a alteração de horário das sessões de Assembleia Municipal, passando a realizar-se em horário pós-laboral.

PUB

Quanto à primeira proposta apresentada sobre a Comissão Municipal de Turismo para Vila de Rei, a deputada Diana Lucas referiu que o PS defende a criação dessa comissão “como forma estratégica de desenvolvimento do turismo no concelho, que é tão importante”.

“O turismo tornou-se, nos últimos anos, uma das principais fontes de riqueza à escala nacional e local. A valorização do património natural e cultural tem vindo a acompanhar o crescimento do turismo, contribuindo para qualificar os destinos turísticos, criar emprego e dinamizar a economia. Se o centro de Portugal tem vindo a beneficiar com o aumento da procura turística nacional e internacional, os incêndios florestais, com a trágica consequência de dezenas de mortes e feridos e a destruição das vastas áreas de património, vieram levantar muitas questões acerca do futuro da região, e da nossa em particular”, apresentou a deputada.

PUB

Mais refere a proposta que “vivemos num dos períodos mais difíceis da história da Humanidade, e no entanto, com a impossibilidade do turismo internacional, o Interior do país e o nosso concelho tem registado uma procura enorme face a 2019. Este ano creio que Vila de Rei teve o maior aumento de turismo de sempre, com a prova da maior procura hoteleira e de restauração (…) Existe ainda muito trabalho a fazer na região, a nível turístico, e em particular no nosso concelho”, frisou.

“Todos os munícipes beneficiam de uma vila mais atrativa e mais orientada para o turismo. Esta proposta pretende potencializar esse benefício. Consideramos que é uma comissão essencial, num concelho como Vila de Rei, em que o turismo deve ser polo atrativo e estratégia. A comissão vai no sentido de se criarem reuniões com as pessoas responsáveis e criarem estratégias a curto e a longo prazo”, terminou a deputada municipal.

PUB

Ricardo Aires, autarca vilarregense, não mostrou entrave à criação da Comissão de Turismo, ainda que tenha deixado a ressalva de que os serviços da autarquia bem como o vereador com o pelouro do Turismo, Paulo César Luís, são presença constante junto dos agentes de turismo, hotelaria e restauração, havendo conversações constantes horários, oferta e estratégias definidas para o concelho, nomeadamente os eventos gastronómicos que são realizados anualmente.

Deputada Diana Lucas, em representação do PS de Vila de Rei, apresentou duas recomendações, entre as quais a criação de uma Comissão Municipal de Turismo. Foi ainda pedido pela bancada socialista que as sessões de AM possam realizar-se em horário pós-laboral, motivando a participação dos vilarregenses na política local. Foto: mediotejo.net

A segunda recomendação dos eleitos socialistas é a alteração horária das sessões de Assembleia Municipal para horário pós-laboral.

“A bancada do Partido Socialista recomenda a alteração ao horário das sessões ordinárias de Assembleia Municipal. A sugestão é que possa ser realizada num horário pós-laboral, de forma que todos os munícipes de Vila de Rei possa contribuir e participar ativamente nas reuniões. O que infelizmente não é possível, porque nem toda a gente tem possibilidade de sair do seu trabalho às 10 horas da manhã para assistir às reuniões e participar ativamente”, contextualizou Diana Lucas, apresentando a segunda proposta endereçada à mesa de Assembleia Municipal.

Sobre este assunto, o PSD defendeu, na pessoa do deputado Hélder Antunes e do presidente da Mesa de Assembleia, Paulo Brito, que já aconteceram no passado sessões em horário pós-laboral e não se contou com afluência de público às sessões. Ainda assim, o presidente da mesa de Assembleia Municipal anuiu, referindo que poderia fazer-se numa próxima sessão a experiência de convocar Assembleia Municipal em horário diferente do habitual.

A deputada deixou ainda reparo e sugestão ao executivo da Câmara Municipal de Vila de Rei para que se faça sinalização no miradouro de Fernandaires, um ponto em altitude com vista sobre um dos braços da albufeira com vista sobre a praia fluvial de Fernandaires e arredores, e muito frequentado por turistas e visitantes, nomeadamente para fotografar.

Ricardo Aires (PSD), presidente da CMVR, lembrou que o miradouro se insere em terreno privado, encontrando-se a autarquia há muito tempo a negociar a utilização do espaço com o proprietário. O autarca reconheceu que não tem sido um processo fácil, tendo noção que o local é muito frequentado e afamado, mas alertando que lhe faltam ali condições de segurança, algo que o município quer também intervir logo que possa fazê-lo.

Para já, adiantou o presidente de CM, avançará o miradouro na Seada, contando com projeto e contribuição do falecido presidente da associação local que havia adiantado as conversações e autorizações dos proprietários do espaço em causa. Ricardo Aires notou que o investimento será incluído no próximo orçamento municipal.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here