Vila de Rei | Praia fluvial do Bostelim poderá reabrir a 15 de agosto

Bostelim (foto de arquivo). Créditos: mediotejo.net

A praia fluvial do Bostelim, em Vila de Rei, encontra-se ao dia de hoje (1 de agosto) em trabalhos finais de beneficiação devido ao furacão Elsa estando ainda interdita ao público. As obras devem estar concluídas nos próximos dias mas ainda não é possível perspetivar uma data de abertura aos banhistas, embora possa acontecer a partir de 15 de agosto, se houver água suficiente na ribeira.

PUB

“Estivemos à espera do Governo de Portugal para ver se havia viabilidade financeira para os trabalhos de recuperação das infraestruturas – no nosso caso na praia fluvial de Penedo Furado e também do Bostelim. Depois apareceu a pandemia”, começou por dizer ao mediotejo.net o presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires.

A praia fluvial de Penedo Furado abriu ao público a 4 de julho e o Bostelim “em principio, no final de mês de julho poderá estar a obra pronta”, avançou em meados de julho o autarca, estando os trabalhos no início de agosto em fase de conclusão.

PUB

No entanto, “o problema da água” coloca algumas incertezas na abertura ao público da praia fluvial do Bostelim no verão de 2020. “Não sabemos se este ano vamos conseguir abrir a época balnear. Não depende de nós mas da natureza”.

Ricardo Aires explica que praias fluviais que dependem de “ribeiras, havendo escassez de água no verão… e no Bostelim são muitos metros cúbicos de água, sendo que neste momento está vazia e vai ter de encher para fazer o espelho de água enorme que é habitual. Se houvesse água, tinha a certeza absoluta que a época balnear iria abrir no Bostelim” assim permanece a incerteza. Situação que, segundo o presidente, seria diferente “se as obras tivessem sido feitas quando iniciou a pandemia”.

Relativamente à época balnear no concelho, Ricardo Aires diz estar “a correr bem”. Embora com lotação esgotada, tendo em conta a atual situação pandémica. “Temos tido principalmente ao fim-de-semana Fernandaires e Penedo Furado por vezes com bandeira vermelha. Mas as pessoas estão a fazer os respetivos distanciamentos sociais, e isso é que importa. Espero que continue assim!”, afirmou.

PUB

A praia fluvial do Bostelim tem sido, nos anos anteriores, uma das mais frescas opções para os dias de canícula, com condições aprimoradas para receber os banhistas: zona de banhos, bar de apoio, parque de campismo rural, balneários, parque para caravanas, parque de merendas e posto de primeiros socorros.

A Ribeira de Bostelim nasce no concelho de Proença-a-Nova, prolongando-se o seu curso por mais de 20 quilómetros, serpenteando por férteis vales, passando sob antigas pontes e atravessando velhos caminhos até confluir com a Ribeira da Isna, já no concelho de Vila de Rei. Ao longo das suas margens sucedem-se os moinhos, levadas, açudes e muitos outros pormenores que podem interessar a um turista que aprecie a natureza.

Praia Fluvial do Bostelim, no concelho de Vila de Rei, está este ano com obras de beneficiação. Foto arquivo: mediotejo.net

É já perto do seu curso final, na freguesia da Fundada, junto ao parque de campismo rural que tem início a Rota do Bostelim, percurso pedestre de pequena rota que acompanha a sua margem e que se prolonga depois ao longo da Ribeira da Isna até à centenária Ponte da Várzea Carreira, onde se inicia o troço de regresso ao ponto de partida.

Na primeira metade do percurso, praticamente plano, a proximidade da água, as sombras do arvoredo e os vários motivos que transportam o visitante a um passado recente, mas simultaneamente distante, sendo ali que podem preparar o corpo e o espírito para uma caminhada que se completa com a passagem numa eira já perto do final.

Encontra-se a Praia Fluvial do Bostelim cerca de 10 minutos depois de sair de Vila de Rei, em direção à Sertã sempre pela Estrada Nacional 2. Após passar a Fundada e a localidade de Cabeça do Poço é seguir em descida ladeada por pinheiros em direção a São João do Peso.

Pouco depois, do lado esquerdo, um espaço tranquilo, apetecível para desfrutar em família e seguro para as crianças, que se destaca pelo enquadramento natural, envolvente serrana e florestal. Contudo, a sua abertura em 2020 permanece ainda incerto.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here