Vila de Rei | Praia Fluvial do Bostelim ergue única Bandeira Azul no distrito de Castelo Branco

A Praia Fluvial do Bostelim, entre a freguesia de Fundada e São João do Peso, no concelho de Vila de Rei, hasteou oficialmente a sua 4ª Bandeira Azul consecutiva, numa cerimónia realizada ao final da manhã desta terça-feira, dia 18 de junho. A mesma praia fluvial renovou a atribuição de Bandeira ‘Praia Acessível’, igualmente pelo 4º ano consecutivo.

PUB

A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, do vice-presidente Paulo César Luís, do vereador do pelouro do Ambiente, Jorge Tavares, do presidente da Junta de Freguesia da Fundada, Manuel da Silva Mendes, e do presidente da associação concessionária do espaço, ADETULF, Francisco Miranda.

A atribuição da Bandeira Azul a esta praia fluvial assume maior importância ao ser a única distinguida no distrito de Castelo Branco e uma das cinco distinguidas em 2019 nos 13 concelhos da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, juntando-se às praias fluviais de Aldeia do Mato, Fontes (Abrantes), Carvoeiro (Mação) e Agroal (Ourém).

PUB

Para Ricardo Aires esta distinção realça “a excelência desta praia, de todas as suas qualidades e potencialidades”, acreditando que, ao juntar este galardão à distinção [da Quercus] às Praias de Fernandaires e Zaboeira como ‘Praia com Qualidade de Ouro’, o concelho de Vila de Rei “apresenta uma grande variedade e qualidade no que diz respeito às suas zonas balneares”, algo que deve servir de incentivo e atração de visitantes e amantes destes espaços naturais, nomeadamente como locais aprazíveis a incluir no roteiro de férias.

Foto: mediotejo.net

PUB

Por outro lado, a Praia Fluvial do Bostelim recebeu, também pelo quarto ano consecutivo, a Bandeira ‘Praia Acessível’, que pretende destacar as praias portuguesas que, assegurando boas condições de acessibilidade, viabilizam a sua utilização, com equidade, dignidade, segurança, conforto e a maior autonomia possível, a todas as pessoas, independentemente da sua idade, possíveis dificuldades de locomoção ou de outras incapacidades que condicionem a sua mobilidade.

Recorde-se que a Bandeira Azul é atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), numa distinção de excelência que, em 2019, foi atribuída a apenas 35 praias fluviais a nível nacional.

A atribuição da Bandeira Azul tem em conta diferenciados fatores, como a informação e educação ambiental, qualidade da água, gestão ambiental e de equipamentos ou a segurança e serviços

Em 2019, foram atribuídas 352 Bandeiras Azuis em território nacional, divididas em 317 praias costeiras e 35 praias fluviais.

PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

1 COMENTÁRIO

  1. Mascaras procasso do antivírus para a boca e o nariz para em casa que e para andar na rua responde para mim Maria Helena Pestana Henriques Joaquim e para Jorge Manuel Pestana Joaquim 6 Mascaras Vila De rei Aveleira no Concelho De Castelo Branco 6110-105 Aveleira Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).