Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Painéis fotovoltaicos instalados em infraestruturas municipais

São onze as infraestruturas municipais a receber a instalação de painéis fotovoltaicos para produção de energia elétrica, após o término de hasta pública lançada pelo Município de Vila de Rei. O concurso foi ganho pela empresa Ecoinside – Soluções em Ecoeficiência e Sustentabilidade, Lda que, com os painéis instalados em Vila de Rei, vai produzir energia elétrica para futura venda à RESP – Rede Elétrica de Serviço Público. Da energia produzida e vendida, 15,1% (maior valor apresentado em hasta pública) reverte a favor do Município de Vila de Rei.

- Publicidade -

A autarquia refere, em nota de imprensa, que “está a apostar em energias limpas e renováveis, sem quaisquer custos e, simultaneamente, a gerar receitas e ganhos financeiros”. O contrato entre o Município e a empresa é válido por 15 anos, sendo que, após este período, os materiais revertem a favor da autarquia.

Os painéis fotovoltaicos serão instalados na Câmara Municipal de Vila de Rei, Lagar, Estação Elevatória do Braçal, ETAR da Zona Industrial do Souto, ETAR do Carrascal, Campo de Futebol, Parque de Feiras, Complexo de Piscinas, Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, Jardim-de-Infância e Escola Básica e Secundária.

- Publicidade -

Ricardo Aires, presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, congratula-se com esta medida tomada pela autarquia que dirige. “O Município vem assim aliar-se à produção de uma energia limpa e 100% renovável, sem investimento e com vantagens a nível financeiro. Esta é mais uma medida que o Município implementa tendo em vista a redução da pegada ecológica e as crescentes preocupações ambientais”, termina.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome