Vila de Rei | Município reforça projeto de combate ao insucesso escolar

Foto: DR

A Câmara Municipal de Vila de Rei aprovou, na reunião ordinária realizada a 6 de dezembro, a execução de um Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar. Esta iniciativa vem assim reforçar a ação junto da comunidade escolar com a presença de mais uma psicóloga e de uma terapeuta da fala, que se juntam assim à equipa multidisciplinar em funções.

PUB

Intitulado ‘Projeto Bem Me Quer – In Centro pelo Sucesso Escolar’, baseia-se num conjunto de atividades/ações dirigidas aos alunos do Agrupamento de Escolas com o objetivo de redução e prevenção do abandono escolar, promoção do sucesso escolar, promoção da igualdade no acesso à educação, desenvolvimento de competências pessoais e sociais e promoção de atitudes e comportamentos saudáveis.

O projeto surge de uma candidatura da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) ao Programa Operacional Regional do Centro para Desenvolvimento do Potencial Humano, no âmbito do PEDIME 2 – Plano Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal de Educação.

PUB

Segundo a autarquia, as ações vão abranger dois públicos distintos: alunos e pais/encarregados de educação.

Com os alunos do pré-escolar, pretende-se capacitar os alunos com competências para ingressar no 1º Ciclo; realizar avaliações a nível de psicologia e terapia da fala aos alunos sinalizados e respetivo acompanhamento.

PUB

A nível do 1º Ciclo ao Secundário, a ação incidirá em desmistificar o papel do psicólogo na escola; trabalhar competências sociais e emocionais; apoio ao estudo e preparação de testes.

O projeto estende-se também aos pais e encarregados de educação, seguindo a mesma ótica de desmistificação do papel do psicólogo na escola; dinamização de workshops e ações de formação sobre temáticas relevantes da vida escolar dos seus filhos e que promovam a sua maior participação na vida escolar.

Esta nova iniciativa é vista com bons olhos pelos presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires, que refere em comunicado que este reforço da equipa multidisciplinar “assume uma elevada importância naquilo que é a sinalização e avaliação – em termos de psicologia e terapia da fala – de alunos para possível acompanhamento”.

Por outro lado, trabalha-se para “um maior envolvimento e participação dos encarregados de educação ao longo do ano letivo a ainda uma mudança de comportamentos desafiantes que os alunos possam apresentar atualmente”, termina.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here