Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Setembro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Município promove Concurso de Presépios e de Montras Natalícias

A Biblioteca Municipal de Vila de Rei organiza a décima terceira edição do “Concurso de Presépios”, este ano novamente dividido nas categorias de Presépios Tradicionais e Montras Natalícias. As inscrições decorrem entre 18 e 22 de novembro.

- Publicidade -

Este concurso volta a incentivar ao uso de materiais recicláveis e à utilização de matérias-primas existentes na região para a construção dos trabalhos, e ao mesmo tempo contribui para revitalizar o simbolismo dos presépios e das tradições natalícias.

Particulares, associações, IPSSs e escolas a título individual ou em grupo podem dar largas à imaginação e criatividade e concorrer na categoria de presépios Tradicionais. Já os estabelecimentos comerciais podem decorar as suas montras com a magia do Natal como pano de fundo, candidatando-se à categoria Montra Natalícia (sem obrigatoriedade de presépio).

- Publicidade -

Os três presépios mais votados pelo público e por um júri nomeado para o efeito, em cada uma das categorias, serão premiados com 100€ para o primeiro classificado, 75€ para o segundo e 50€ para o terceiro.

Todos os interessados em concorrer devem efetuar a sua inscrição entre os dias 18 e 22 de novembro, mediante preenchimento de Ficha de Inscrição (disponível em www.cm-viladerei.pt) e entrega na Receção da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, ou ainda via postal, com Aviso de Receção e carimbo dos CTT até à data limite do período de inscrições.

Todos os presépios inscritos no XIII Concurso ficarão depois expostos na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires de 9 de dezembro a 10 de janeiro.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome