Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Terça-feira, Julho 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Município ofereceu cabazes de Natal às famílias mais carenciadas

A Câmara Municipal de Vila de Rei voltou a assinalar mais uma época natalícia com a entrega de 22 Cabazes de Natal a famílias mais carenciadas do concelho. O objetivo passa por proporcionar a agregados familiares “uma quadra com melhores condições e conforto no seu lar”.

- Publicidade -

Os cabazes entregues abrangem agregados que perfazem um total de 53 pessoas (37 adultos e 16 crianças), indica a autarquia em nota de imprensa.

Mais informa que a seleção das famílias foi feita pelo gabinete de Ação Social e Saúde da CM Vila de Rei, através de critérios que tiveram em conta as condições de vulnerabilidade económica, o maior número de elementos do agregado familiar e a situação de empregabilidade dos seus membros.

- Publicidade -

Paulo César Luís, vice-presidente da autarquia, entende que “numa quadra de festa, alegria e convívio familiar, é com todo o orgulho que o Município realiza este gesto, que se vem repetindo há já largos anos, e que permite que as famílias mais carenciadas do concelho possam passar a quadra natalícia num ambiente mais festivo e acolhedor”, lê-se na mesma informação.

O Município de Vila de Rei deixa “um especial agradecimento a todos os vilarregenses que contribuíram para a campanha de recolha de alimentos que teve lugar durante a Quinzena do Teatro Solidário de Vila de Rei, bem como às empresas “Meu Super” e “Dancake Portugal” pela doação de produtos para a elaboração dos cabazes”, conclui.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here