Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Município incentiva à plantação de medronheiros no concelho

O município de Vila de Rei voltou, no dia 15 de outubro, a dar seguimento à plantação de medronheiros no concelho, desta feita num terreno municipal localizado em Saborosa, perto da aldeia de Milriça. O município já plantou mais de 1500 medronheiros no local e espera com esta iniciativa despertar interesse de privados que possam proceder à plantação de outras árvores como o medronheiro mas também a oliveira, valorizando os terrenos agrícolas e diversificando a paisagem, também numa perspetiva de prevenção quanto aos incêndios florestais.

- Publicidade -

A iniciativa foi levada a cabo pela equipa de Sapadores Florestais, traduzindo-se na plantação de mais 400 árvores, estando já previstas em breve duas iniciativas semelhantes noutros terrenos pertencentes ao município.

Ricardo Aires, presidente da CM de Vila de Rei,sublinha a importância desta iniciativa municipal, como forma de relevar a potencialidade do território vilarregense.

- Publicidade -

“O nosso concelho possui um potencial fantástico a nível florestal e agrícola, nomeadamente no que diz respeito à oliveira e ao medronheiro. Com o alargamento das nossas plantações de medronheiros, esperamos poder dar o exemplo para que iniciativas semelhantes possam arrancar no concelho. A criação do Lagar e Destilaria de Vila de Rei foi um importante passo nesta direção e os resultados muito positivos que têm atingido fazem-nos crer que este é o caminho certo a seguir”, pode ler-se em comunicado enviado ao nosso jornal.

Recorde-se que o município atribui apoios à plantação de árvores, no âmbito do regulamento de Estímulos ao Investimento do concelho, cujas candidaturas devem ser feitas junto dos serviços da autarquia, sendo analisadas e aprovadas em sede de executivo camarário.

Neste âmbito, e correspondendo aos critérios de elegibilidade, é feita comparticipação de 50% do investimento pela autarquia, não excedendo os 500€ anuais. Ainda prevista está também atribuição de bonificação de 10% no caso de jovens agricultores.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome