Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Mercado Municipal reabre dia 27 após obras de requalificação

O Mercado Municipal volta a abrir portas este domingo, dia 27 de outubro, após obras de requalificação no rés-do-chão que vieram dotar aquele espaço de melhores condições quer para vendedores, quer para os clientes.

- Publicidade -

A intervenção iniciou em agosto deste ano, tendo sido responsável pela obra a empresa ODRAUDE – Construção Civil e Obras Públicas, Lda, numa adjudicação no valor de 34 000€. Além da demolição das paredes interiores da antiga loja de produtos endógenos ‘Vila de Rei com Tradição’, foi criado um espaço mais amplo, que permitiu a instalação de bancas amovíveis para se acomodar o comércio de produtos hortícolas, peixaria e padaria.

Os trabalhos incluíram também a implementação da rede de água e esgotos e a adaptação da rede elétrica.

- Publicidade -

Mercado Municipal de Vila de Rei reabre dia 27 de outubro após obras de requalificação. Foto: CM Vila de Rei

O município pretende, a curto prazo, passar à requalificação do primeiro andar do edifício, com o objetivo de ali se instalar as valências do CLDS 4G, Gabinete de Inserção Profissional e o Ninho de Empresas.

Ricardo Aires, presidente da autarquia de Vila de Rei, crê que esta intervenção vem permitir uma “nova dinâmica” no comércio, que aproxima os vendedores dos clientes e permite uma deslocação mais fácil num espaço mais amplo.

Quanto ao futuro do primeiro andar do Mercado, o autarca conta “juntar serviços que podem ser complementares”, numa estratégia de aproximação dos munícipes a várias valências de serviços públicos concentrados num mesmo edifício.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome