Vila de Rei | Grupo de Trabalho para a floresta reuniu na Biblioteca Municipal

Foto: CMVR

No âmbito do funcionamento do grupo de trabalho criado pelo Despacho n.º 7417/2019, com a missão de promover a elaboração de um Plano Integrado de Transformação Territorial, conducente à recuperação da área ardida e à ativação da gestão agroflorestal nos concelhos de Mação, Sertã e Vila de Rei, e a acompanhar e dinamizar a aplicação do respetivo plano, realizou-se este mês de dezembro, na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, a reunião da respetiva comissão.

PUB

O grupo de trabalho é coordenado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e é constituído por representantes da área governativa da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, da área governativa do Ambiente e da Transição Energética, da área governativa da Economia, da área governativa do Planeamento, da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, representantes dos Municípios de Vila de Rei, Sertã e Mação, da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, representantes das organizações de produtores agrícolas e florestais dos concelhos de Mação, Sertã e Vila de Rei e um representante da Pinhal Maior – Associação de Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul.

Esta reunião foi presidida pelo Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino, e teve como ordem de trabalhos a proposta de reconstituição do presente Grupo de Trabalho, a apresentação do ponto de situação dos trabalhos a decorrer, a análise e discussão do Caderno de Encargos para a realização do estudo para a elaboração do Plano Integrado de Transformação Territorial, entre outros assuntos.

PUB

O presidente da Câmara Municipal, Ricardo Aires, esteve presente na reunião e afirmou que “é uma honra receber o Secretário de Estado das Florestas, uma vez que este tipo de projeto era já um desejo antigo por parte do Município, que inclusive já tinha sido solicitado a vários governos, mas sem sucesso. Esperamos ter êxito através da concretização deste projeto, no entanto será fundamental a aceitação por parte dos proprietários privados do modelo que está a ser estudado e que será proposto pelo grupo de trabalho. Este projeto visa essencialmente mudar a paisagem florestal do Concelho de Vila de Rei, através de um ordenamento florestal mais eficaz de forma a evitar catástrofes tão devastadoras como as que já assolaram este Concelho.”

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here