Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Espaço de coworking será realidade no 1º piso do Mercado Municipal

O Município de Vila de Rei assinou, no dia 30 de abril, o protocolo da primeira fase da Rede Nacional de Coworking, que tem por objetivo  criar até ao final de junho espaços para a implementação de teletrabalho no interior do país. No caso de Vila de Rei, o município pretende instalar um espaço no primeiro andar do Mercado Municipal, onde já funciona o ninho de empresas.

- Publicidade -

Em nota de imprensa, a autarquia refere irá disponibilizar “um espaço próprio, que será no 1º andar do Mercado Municipal, equipado com computadores, impressoras, acesso à Internet, zonas privadas para videochamadas, área de reuniões e local para a realização de apresentações ou ações de formação”.

Os interessados em usufruir deste novo equipamento deverão contactar o Gabinete de Dinamização da Atividade Económica através do email gdae@cm-viladerei.pt, do tlf. 274 249 013 ou do tlm. 938 701 485.

- Publicidade -

Para Ricardo Aires, presidente do Município de Vila de Rei, esta é mais uma feramenta que irá permitir ao concelho atrair investimentos e fixação de empresas.

Na mesma nota, o autarca refere que “o teletrabalho representa uma grande vantagem no ponto de vista da redução da assimetria geográfica de ofertas profissionais, possibilitando que as autarquias do interior do país possam aumentar a sua oferta laboral”.

Nesse sentido, o Município de Vila de Rei “vai, no edifício do Mercado Municipal, criar um espaço capaz de se adequar na perfeição ao coworking e, com isso, tornamo-nos mais atrativos para a fixação de empresas, diminuindo a necessidade de deslocações e estimulando os índices de bem-estar social e familiar, ao permitir uma melhor conjugação da vida familiar e profissional”, termina.

O protocolo foi assinado entre a CCDR – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Coimbra, Instituto de Emprego e Formação Profissional, I.P. e também a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. 

Esta primeira fase do programa vai criar 53 espaços de teletrabalho, em igual número de municípios, com o intuito de dinamizar estes territórios de baixa densidade e facilitar a fixação e atração de pessoas e empresas.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome