Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

- Publicidade -

Terça-feira, Novembro 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

- Publicidade -

Vila de Rei | “Empreendedorismo no Centro de Portugal” promove 1º encontro de empresários

A equipa do CLDS 3G de Vila de Rei, em parceria com a Câmara Municipal, organiza, de 21 a 24 de novembro, a terceira edição da iniciativa “Empreendedorismo no Centro de Portugal”. Esta edição abordará três temas em torno do espírito empreendedor na escola, na criação do próprio emprego e no interior das empresas.

- Publicidade -

Os três temas centrais são Empreendedorismo na Escola, Empreendedorismo Auto-Emprego e Empreendedorismo Empresarial, sendo que a iniciativa tem início com uma sessão de divulgação da 3ª edição do Concurso Moovideias – “Põe as ideias a mexer”, na Biblioteca Municipal de Vila de Rei, dinamizada pela Pinhal Maior, a partir das 10h00.

Os dias 22 e 23 de novembro serão marcados por uma visita à KidZania, destinada aos alunos do 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei.

- Publicidade -

Esta edição termina no dia 24 de novembro, sexta-feira, com o 1º Encontro entre Empresários, num jantar-debate com a temática “À mesa com representantes de várias áreas relevantes para o desenvolvimento do Concelho” a realizar pelas 19h30 no Hotel de Vila de Rei, com o apoio da Associação Comercial e Empresarial – Abrantes, Constância, Sardoal, Mação e Vila de Rei. **

A iniciativa “Empreendedorismo no Centro de Portugal” tem o objetivo de estimular o empreendedorismo, fomentando a criação de um ambiente favorável para a geração de oportunidades de negócio.

**A autarquia informa que o jantar tem um custo de 10 euros, sendo que todos os interessados devem efetuar a sua inscrição até ao dia 20 de novembro para clds3g@scmviladerei.pt ou para o 274 898 397, com pagamento no ato da inscrição.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome