Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Dezembro 2, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | CLDS 4G e CPCJ organizam caminhada pela prevenção dos maus tratos na infância

A equipa do CLDS 4G e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vila de Rei, no âmbito do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, organiza uma caminhada de sensibilização destinada aos habitantes do concelho de Vila de Rei. Entre 19 e 30 de abril, cada participante poderá escolher o dia, hora e local para caminhar ou correr, usando uma peça de roupa azul para a sensibilização dos maus tratos a crianças e jovens.

- Publicidade -

O desafio lançado propõe que os participantes tenham o cuidado de respeitar as normas de segurança da Direção Geral de Saúde que estiverem em vigor à data para o exercício físico ao ar livre.

Os participantes são ainda desafiados a parar junto de um dos pontos de sensibilização (Centro Geodésico de Portugal iluminado com a cor azul, fachada da Câmara Municipal, IPSS, Juntas de Freguesia e outras instituições do concelho com Laço Azul à porta), tirar uma fotografia e partilhar nas redes sociais com a hashtag#ABRILCONTRAOSMAUSTRATOS ou enviar para clds4g@cm-viladerei.pt para receberem um certificado de participação.

- Publicidade -

Todos os inscritos recebem um kit de participação e devem doar um bem alimentar, que será posteriormente entregue a famílias carenciadas com crianças, do concelho.

A inscrição pode ser realizada nas instalações do CLDS 4G de Vila de Rei, no 1º andar do edifício do Mercado Municipal, ou através do 274 898 397 e clds4g@cm-viladerei.pt

As normas de participação podem ser consultadas em www.cm-viladerei.pt

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome