Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Centro Geriátrico custou 3 milhões e cria 80 postos de trabalho diretos

Três milhões de euros e 80 postos de trabalho diretos é o resultado da construção do “Centro Geriátrico Nossa Senhora Esperança” de Vila de Rei – Estrutura Residencial para Pessoas Idosas”, anunciou hoje a Provedora da Misericórdia local.

- Publicidade -

O Centro Geriátrico de Vila de Rei, estrutura residencial com capacidade para 120 utentes e uma área de construção superior a 5.000 metros quadrados, resulta de um protocolo entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), a Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei e a autarquia local, tendo aquele município do distrito de Castelo Branco cedido o terreno e o projeto para a sua implementação.

- Publicidade -

Em declarações à Lusa, a Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Vila de Rei (SCMVR), Irene Barata, disse hoje que o equipamento, inaugurado na quarta-feira, dia do 436º aniversário da SCMVR com a presença de Santana Lopes, Provedor da SCML, entrou em funcionamento no dia 1 de maio, “constitui-se como uma infraestrutura de enorme valor para a comunidade de Vila de Rei, com a missão de melhorar e preservar a vida dos mais necessitados”.

Segundo Irene Barata, o novo Centro Geriátrico de Vila de Rei “tem capacidade de acolhimento imediato para 60 utentes, com previsão de alargamento para 120, e permitiu já a criação de 40 postos de trabalho diretos, sendo que contamos que sejam 80 trabalhadores até ao final deste ano”.

Esta nova resposta social surge no Centro de Portugal, a cerca de uma hora de Lisboa, perto da albufeira de Castelo do Bode, é destinada à prestação de cuidados de saúde para grandes dependentes e deficientes profundos e pessoas idosas em situação de risco ou dependência, e recebe utentes dos distritos de Castelo Branco, Santarém e Lisboa, entre outros.

Composto um conjunto total de três blocos, [lavandaria, área social, e quartos] o Centro Geriátrico Nossa Senhora da Conceição implicou um investimento global de 3 milhões de euros, dos quais 1,5 milhões “emprestados” pela SCML, que terá direito a uma reserva total de 20 vagas para os seus utentes, sendo a restante verba obtida com recurso a empréstimo bancário.

A composição desta nova infraestrutura conta com uma área de receção/átrio, área de direção e serviços técnicos/administrativos, área de instalações para o pessoal, área de convívio e atividades, sala de refeições, área de alojamento (com 6 quartos individuais, 18 quartos duplos e 6 quartos triplos), área de cozinha e lavandaria, gabinete de enfermagem e médico, e área de serviços de apoio.

No protocolo assinado em janeiro de 2014, entre as três entidades, pode ler-se que a SCML justifica a participação no investimento “tendo em conta a atual realidade social do país e concretamente da cidade de Lisboa”.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires (PSD), destacou a importância deste investimento pelo “aumento da resposta social aos idosos do concelho e das regiões Centro e de Lisboa e consequente criação de mais emprego e mais riqueza” para o município, tendo relevado a importância da “criação de sinergias para a atração e fixação de pessoas” num território marcado pela desertificação e envelhecimento populacional.

Situado no centro de Portugal, o município de Vila de Rei é habitado por cerca de 4.000 pessoas e tem apostado estrategicamente na prestação de cuidados assistenciais a idosos para o fomento da empregabilidade e captação de habitantes/residentes.

Atualmente, no concelho de Vila de Rei estão a funcionar nove lares para prestação de cuidados permanentes a idosos, uma unidade de cuidados continuados e a Fundação João e Fernanda Garcia, que presta atividades de apoio social para pessoas com deficiência, o que resulta em cerca de 500 postos de trabalho diretos na prestação de cuidados de saúde.

Com um orçamento anual na ordem dos 8 milhões de euros, a SCMVR dá hoje trabalho a cerca de 270 pessoas, sendo atualmente a maior entidade empregadora do município.

Fotos: CM Vila de Rei

 

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome