- Publicidade -

Vila de Rei | Assembleia Municipal reforça delegação de competências nas freguesias

A Assembleia Municipal de Vila de Rei aprovou o reforço de competências e verbas atribuídas às Juntas de Freguesia do concelho que passam agora a ser igualmente responsáveis por assegurar a limpeza das vias, sarjetas, sumidouros e espaços públicos (numa faixa de dois metros para cada lado em Vila de Rei e de três metros em Fundada e S. João do Peso, visto que estas duas últimas são consideradas, pelo Governo, como primeira prioridade no âmbito da Proteção Civil)”.

- Publicidade -

Em compensação, as Juntas de Freguesia receberão, respetivamente, verbas de 56 500€ para a Junta de Freguesia de Vila de Rei, 25 100€ para a Junta de Freguesia da Fundada e 14 060€ para a Junta de Freguesia de S. João do Peso, segundo o aprovado na Assembleia Municipal de 8 de novembro.

Recorde-se que estas novas competências delegadas vêm juntar-se a outras, anteriormente definidas, caso da gestão e manutenção de espaços verdes, mobiliário urbano situado no espaço público, feiras e mercados, controlo prévio e fiscalizações de utilização e ocupação de via pública, afixação de publicidade de natureza comercial, exploração de máquinas de diversão, recintos improvisados, espetáculos desportivos e divertimentos realizados ao ar livre, acampamentos ocasionais ou realização de fogueiras e queimadas, lê-se na mesma informação.

- Publicidade -

Para Ricardo Aires, autarca vilarregense, este “reforço de competências nas três Juntas de Freguesia do concelho vem permitir uma maior proximidade destes serviços à população, ao mesmo tempo que premeia e reconhece a qualidade do trabalho desenvolvido por todas as Juntas do concelho.”

Por sua vez, Sérgio Francisco, presidente da Junta de Freguesia de Vila de Rei, vê este reforço de competências como “sinal de confiança no trabalho [das juntas de freguesia]”, entendendo ainda que dá “motivação extra para desempenharmos, com a máxima qualidade e rigor, o trabalho em prol dos vilarregenses para o qual fomos eleitos”, termina.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).