- Publicidade -

Vila de Rei | Assembleia Municipal aprova proposta de apoio ao arrendamento jovem

A Assembleia Municipal de Vila de Rei aprovou por unanimidade, na sua sessão ordinária pública de 26 de setembro, uma proposta de recomendação da bancada do Partido Social Democrata com o tema ‘Programa de Apoio ao Arrendamento Jovem e ao Arrendatário’, que prevê um conjunto de medidas de apoio para facilitar o arrendamento no concelho.

- Publicidade -

A proposta aprovada prevê a criação de um Regulamento de Apoio ao Arrendamento Jovem e ao Arrendatário, com base em pressupostos como a atribuição de uma subvenção a portadores do Cartão Jovem Municipal com o objetivo de apoiar a renda de habitação permanente, redução da taxa de IMI para prédios arrendados na área do concelho de Vila de Rei e a redução ou isenção do preço e/ou taxas de licenças municipais no que diz respeito à construção ou recuperação de habitações, desde que estas se destinem a arrendamento por um período não inferior a 5 anos.

Hélder Antunes, da bancada social democrata, apresentou a proposta em sede de Assembleia Municipal, e referiu que a mesma assume pertinência pela “previsível procura que se espera que aconteça derivado à instalação de novas empresas no concelho”, tornando-se indispensável a disponibilização de habitação própria permanente.

- Publicidade -

“Um dos principais problemas, os quais eu próprio senti quando regressei a Vila de Rei, era encontrar uma casa para arrendar, e consideramos que é fundamental o Município dar também um incentivo em relação a isto”, contextualizou.

A proposta tem em conta que “os jovens cada vez saem de casa mais tarde e quando tentam fazê-lo deparam-se com dificuldades” e é idêntica ao programa Porta 65, mas numa dimensão municipal.

Outra componente que fundamenta a proposta, prende-se com a “falta de disponibilidade de casas para arrendar, sendo importante colmatar esse problema”, disse o deputado.

Para Ricardo Aires, presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, a proposta “poderá traduzir-se numa importante forma de incentivar e apoiar o arrendamento jovem no concelho, ao mesmo tempo que fornece novos apoios para a recuperação de edifícios”.

O autarca considera ser “cada vez mais essencial criar condições para que os jovens consigam fixar-se no nosso concelho e estamos empenhados em trabalhar nesse sentido”.

A proposta seguirá agora para discussão em sede de executivo camarário, que deliberará sobre a criação deste regulamento.

Áudio: apresentação da proposta em sede de Assembleia Municipal de dia 26 de setembro

 

 

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).