Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | As boas vibrações dos Melech Mechaya em noite de sexta-feira, 13 (foto-reportagem)

Os Melech Mechaya atuaram na noite de sexta-feira, 13 de julho, para uma centena de pessoas, no Largo Municipal de Vila de Rei. Depressa se tornaram no centro da festa. Um centro flutuante, tal a vida e energia que arrastam consigo, e cujas ondas transversais se tornam imparáveis.

- Publicidade -

Depois de terem amanhecido como banda com um mergulho pioneiro no mundo de alegria explosiva da música klezmer em Portugal – com todas as influências que se cruzam nesse caminho, desde sonoridades árabes, balcânicas, ao jazz e ao folk –, a sua recente Aurora apresenta-se mais calma e introspectiva. Mas eles prometem continuar a ser “os reis da festa”: Melech mechaya, em hebraico.

- Publicidade -

Este foi um espetáculo inserido nos Caminhos da Água, que conta com uma programação cultural em rede promovida pelos 13 municípios da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, com o objectivo de dinamizar turística e culturalmente este território.

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here