- Publicidade -
Terça-feira, Janeiro 18, 2022
- Publicidade -

Vila de Rei | Achigã voltou a fazer as delícias em mais um festival

A décima primeira edição do Festival Gastronómico do Achigã voltou a colocar em destaque a cozinha típica de Vila de Rei, com centenas de visitantes a procurarem os seis restaurantes aderentes ao certame deste ano.

- Publicidade -

As especialidades como Achigã Frito com Molho de Vinagrete, Achigã Grelhado, Achigã em Tomatada ou Achigã Assado no Forno com Tomate foram alguns dos pratos que fizeram as delícias dos muitos visitantes do Festival, muitos dos quais vieram propositadamente à procura das iguarias que continham o achigã como ingrediente principal, reforça a autarquia em nota de imprensa.

Organizado pelo Município de Vila de Rei, o evento, que já considerado “um dos principais marcos gastronómicos do concelho”, integrou os restaurantes Churrasqueira Central (Vila de Rei), Fifty-Fifty (Vila de Rei), Hotel*** Vila de Rei (Vila de Rei), O Cobra (Vila de Rei), O Eléctrico (Relva) e Tasquinha da Vila (Vila de Rei).

- Publicidade -

Alguns dos restaurantes participantes neste 11º Festival Gastronómico do Achigã salientaram que “muitos dos clientes procuravam especificamente os pratos de achigã, tendo-se notado um aumento de clientes em relação às semanas que antecederam o Festival”, pode ler-se na mesma informação.

Já a autarquia, na pessoa do vice-presidente e responsável pelo pelouro do Turismo, Paulo César Luís, destaca que “o Festival Gastronómico do Achigã é já uma referência no calendário gastronómico do Centro do País”, notando ainda que o concelho de Vila de Rei constitui-se de “uma gastronomia tradicional bastante rica e restaurantes de elevada qualidade, o que faz com que os Festivais Gastronómicos organizados pelo município se consigam destacar, aumentando o número de clientes e promovendo os nossos estabelecimentos de restauração”, reconheceu.

- Publicidade -

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome