Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

U.Tomar : Terceiro lugar satisfaz e abre boas perspetivas de futuro (com áudio)

Lino do Rosário Confraria de Freitas, nasceu em Cerejeira, perto de Linhaceira, concelho de Tomar, faz em Julho desde ano 56 anos. Chegou a Tomar há quase cinco décadas. É casado e tem um casal de filhos.

- Publicidade -

Começou a actividade de treinador em 1997, como treinador-jogador na ACR Linhaceira, equipa que levou da 2ª até à 1ª Divisão Distrital. Seguiu para Parceiros de São João onde dirigiu a equipa na 1ª Divisão Distrital, tendo depois tomado conta dos destinos do histórico Tramagal Sport União, onde subiu da 2ª Divisão Distrital ao patamar mais alto do futebol distrital. Voltou depois a Tomar de onde nunca mais saiu. Coordenou o futebol de formação das Escolas de Futebol de Tomar, onde também foi treinador dos juvenis, indo depois o centenário União de Tomar. Coordenou o futebol de formação dos nabantinos e levou, como treinador, a equipa de Juniores, na época 2009-2010, ao título distrital (único título que tem na carreira) e ao Campeonato Nacional da 2ª Divisão. É há 5 épocas o responsável técnico pela equipa Sénior do emblema tomarense.

Depois de na época passada ter conquistado um segundo lugar e ter colocado o União Futebol Comércio e Indústria de Tomar de novo numa prova nacional, Taça de Portugal, a expectativa para esta época era grande.

- Publicidade -

O que é certo é que alguma renovação do plantel, com alguma juventude e a impossibilidade de utilização de peças chave na equipa, como por exemplo o capitão Nuno Rodrigues e alguns brasileiros, aliado a não poder contar, devido a lesão, com alguns jogadores importantes, como Luís Pedro, Fábio Vieira e Telmo, levou a que a equipa não começasse bem e perdesse alguns pontos que hipotecaram as hipóteses de lutar por outra pontuação.

No entanto, feitas as contas finais e o balanço total do campeonato, o terceiro lugar é um lugar que satisfaz Lino Freitas, deixando boas perspectivas para o futuro, caso as coisas comecem bem e estabilizadas desde inicio.

Para 2016-2017apesar de ser sua vontade descansar e dar lugar a outros e de alguns convites de outros clubes, aceitou continuar aos comandos do União de Tomar, pois foi sensível ao pedido da Direcção do Clube e porque estará sempre disponível para ajudar. As renovações desejadas já estão realizadas ou em fase adiantada, tendo referenciado alguns nomes que só entrarão depois de definido o orçamento disponível que o clube irá ter na próxima época.

Lino Freitas e o balanço da época:

Perguntas rápidas:

1- Alguma equipa o surpreendeu ou encheu as medidas com o futebol que apresentou?

2- Alguma equipa que o tenha desiludido ou ficado aquém do que estava à espera?

3- Em termos individuais, pode apontar alguma figura do campeonato?

4- O melhor momento da época?

5- O pior momento da época?

6- No seu entender e pelo futebol jogado, Moçarriense, União Desportiva Abrantina e Rio Maior, foram efectivamente as equipas que mereceram descer de divisão?

7- Como avalia o desempenho da arbitragem nesta época?

A próxima época:

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome