Abrantes | Câmara absolvida no caso que a opôs à empresa “Construções Jorge Ferreira Dias”

A Câmara Municipal de Abrantes foi absolvida no caso que a opôs à empresa "Construções Jorge Ferreira Dias". Foto arquivo: Paulo Jorge de Sousa

A Câmara Municipal de Abrantes anunciou hoje ter sido notificada da sua absolvição no processo n.º 842/13.7BELRA, intentado pela empresa “Construções Jorge Ferreira Dias” contra o Município de Abrantes, que correu trâmites no Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria. Numa longa batalha judicial, e após vários recursos, o Tribunal considerou válidos os fundamentos da autarquia de Abrantes num processo em que o antigo empresário de construção civil reclamava o direito a uma indemnização de mais de 6 milhões de euros.

PUB

Na sentença proferida, e cuja notificação a autarquia refere ter recebido na segunda-feira, dia 25 de novembro, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria considerou válidos os fundamentos indicados pela Câmara Municipal de Abrantes, indicando na sua decisão:

“1. julgar totalmente improcedente a presente ação, por inexistência de facto ilícito e culposo, e, nessa medida,

PUB

2. absolver o réu do pedido… ”

Na reunião desta manhã, o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Valamatos mostrava-se satisfeito com o desfecho: “Mesmo estando certos dos fatos e de o desfecho vir a ser este, mostrámos sempre disponibilidade para dialogar com o representante da empresa que tinha um passado positivo extenso com o nosso Município. Mais do que uma vitória da câmara, é uma vitória da justiça, de Abrantes e do bem comum dos abrantinos que viram o seu bom nome colocado em causa na praça pública injustificadamente.”

PUB

O empresário poderá ainda recorrer desta decisão.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here