Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Maio 13, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Turismo | Campanha para “escapadinhas” na região Centro de Portugal com descontos

Turismo Centro de Portugal, Cartão Continente e agências Top Atlântico e Geostar juntam-se para a campanha “Viagens na Nossa Terra – Descubra o Centro de Portugal”. Reservas a preços promocionais em unidades hoteleiras da região podem ser feitas até 30 de junho, para serem usadas até finais de outubro.

- Publicidade -

A Turismo Centro de Portugal, o Cartão Continente, a Top Atlântico e a Geostar apresentaram, esta quarta-feira 7 de abril, a campanha conjunta “Viagens na Nossa Terra – Descubra o Centro de Portugal”, que vai promover a região Centro de Portugal – onde se inclui a região do Médio Tejo – como destino turístico preferencial no contexto pós-confinamento, que agora começa.

A campanha “Viagens na Nossa Terra – Descubra o Centro de Portugal” oferece a possibilidade de usufruir de “escapadinhas” de 2 ou mais noites em unidades hoteleiras da região Centro, a preços promocionais. Os clientes do Cartão Continente têm vantagens, uma vez que recebem um desconto de 20% em Cartão Continente na compra de cada pacote de alojamento.

- Publicidade -

Há três preços definidos para os pacotes desta campanha: para Hotéis de 3 estrelas aderentes, o valor é de 89 euros; para as unidades de Turismo em Espaço Rural aderentes, o valor é de 99 euros; e para Hotéis de 4 estrelas aderentes, o valor é de 109 euros. Estes preços aplicam-se a estadias de 2 noites de alojamento em quarto duplo, para um máximo de 2 pessoas, em regime de alojamento e pequeno-almoço.

A apresentação da campanha “Viagens na Nossa Terra – Descubra o Centro de Portugal” decorreu em Aveiro e contou com a presença de Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, Margarida Blattmann, do Grupo WAMOS (Top Atlântico e Geostar), Marta Reis, do Cartão Continente, Miguel Sousinha, CEO do Hotel Maré, em representação dos hoteleiros aderentes, e José Ribau Esteves, presidente da Câmara Municipal de Aveiro, na qualidade de anfitrião.

Na opinião de Pedro Machado, “esta iniciativa conjunta com as agências Top Atlântico e Geostar e com o Cartão Continente não poderia acontecer em melhor altura. Estamos ainda a atravessar um contexto de grande dificuldade para o setor do turismo, no Centro de Portugal e não só. Esta campanha vai ajudar à recuperação da atividade turística na região, constituindo um verdadeiro balão de oxigénio para os nossos empresários, depois de um ano em que as receitas foram quase inexistentes”.

Os clientes interessados em usufruir desta campanha promocional podem adquirir os pacotes em qualquer loja Top Atlântico ou GeoStar, assim como nos sites www.topatlantico.com e www.geostar.pt. A agência de viagens confirmará então a disponibilidade junto da unidade hoteleira e garantirá a reserva, emitindo um voucher com o nome da unidade hoteleira, a data da estadia, o nome do cliente e os serviços contratados.

As reservas podem ser feitas entre 7 de abril e 30 de junho de 2021, para serem usadas de 7 de abril a 30 de outubro – excluindo o período de 1 de agosto a 15 de setembro de 2021.

Caso a unidade hoteleira tenha disponibilidade, as estadias poderão ser prolongadas até um máximo de 6 noites por cliente, equivalentes a 3 pacotes. É também possível contratar serviços suplementares, como cama extra ou meia-pensão, entre outros.

A apresentação da campanha “Viagens na Nossa Terra – Descubra o Centro de Portugal” contou com a presença de Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, Margarida Blattmann, do Grupo WAMOS, Marta Reis, do Cartão Continente, Miguel Sousinha, CEO do Hotel Maré. Créditos: DR

Segundo Margarida Blattmann, “esta campanha, que permite a marcação de estadas de abril até outubro, vem responder à vontade e necessidade dos portugueses, que querem férias num ambiente seguro e controlado, a preços muito acessíveis e perto de casa, numa região de grande beleza e diversidade. Esta ação aporta uma solução muito atrativa para quem anseia ir de férias, quer seja agora ou mais tarde. Não menos importante, esta é igualmente uma iniciativa muito importante para os hotéis da região e para nós, agências de viagens, ajudando à retoma da atividade económica, que tem sido quase nula desde março de 2020”.

Para Marta Reis, “esta parceria representa mais um passo no cumprimento da missão do Cartão Continente, que é criar oportunidades de poupança para as famílias portuguesas em todas as áreas da sua vida, poupança essa que é fundamental no período em que vivemos. A proposta de valor desta campanha é muito diferenciadora, não só pela dimensão da poupança, mas também por proporcionar um momento de lazer às famílias”.

De acordo com Miguel Sousinha, “num contexto de grande incerteza e de forte turbulência para o sector do turismo, uma parceria que junta o destino Turismo do Centro, a distribuição, grupo Wamos, através dos seus pontos de venda, uma marca como o Continente, com milhões de consumidores, e a oferta da região Centro, só pode ter um final feliz. São os parceiros ideais para este tipo de parceria. Esta parceria é bastante pertinente e concilia a excelência da oferta do Turismo do Centro com parceiros tão distintos. Diria que é o ‘casamento perfeito’, que pode ajudar este setor a ultrapassar com êxito estes tempos conturbados. Estou convicto de que esta iniciativa será um sucesso para todos os intervenientes e irá atingir o seu objetivo de dar a conhecer as autênticas experiências da oferta do Centro de Portugal ao mercado nacional”.

A lista de Hotéis e unidades de Turismo em Espaço Rural incluídos nesta campanha podem ser consultados em www.topatlantico.com e www.geostar.pt.

Campanha promocional do Turismo do Centro

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome