- Publicidade -

Sexta-feira, Janeiro 21, 2022
- Publicidade -

Tribuna do leitor | Tomar “Invadiu o mercado de Alvalade”

O espaço “Tribuna do Leitor” é destinado a dar voz aos leitores que queiram apresentar as suas opiniões ou os seus comentários. Os textos são reproduzidos na íntegra e são da responsabilidade dos signatários. Escreva-nos para tribuna@mediotejo.net.

por António Freitas

Produtores regionais de Tomar tiveram oportunidade de aumentar as suas vendas no Mercado de Alvalade em Lisboa.

Cada vez mais Lisboa atrai vendedores regionais que, atraídos pela dimensão dos consumidores, respondem a eventos organizados por entidades privadas que fomentam feiras, mostras e provas de vinho. Há dias, e pela segunda vez, a Casa do Concelho da Covilhã sediada em Lisboa promoveu no Mercado de Alvalade os seus agentes económicos que, perante um mercado repleto de pessoas e muita animação, conseguiram escoar o que trouxeram. Desta vez o convite foi endereçado a Tomar, que através da sua Câmara e em parceria com a Casa do Concelho de Tomar no passado dia 18 de Novembro fez a sua primeira mostra.

Neste bairro de Alvalade, ao qual os tomarenses estão muito ligados e que foram os construtores civis vindos de Tomar que o ajudaram a construir, o evento trouxe produtores locais e animação.

- Publicidade -

Mercado cheio das 8h00 ás 17h00, animação a cargo do Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira com estátuas vivas de quadros rurais, dança, e bancas de venda para ajudar nas despesas; o Grupo Pedra e Cal sediado em Alviobeira também participou, bem como o Grupo os Nabantinos.

Quanto aos produtores locais estiveram presentes quatro produtores de vinho, um produtor de mel, artesanato, Fumeiro Tradicional com Doces e compotas, um produtor de Frutos Vermelhos, Azeite e Frutos secos, todos provenientes de Tomar.

A mostra, que se denominou “Tomar invade o mercado de Alvalade”, foi visitada pelo presidente da Junta de Alvalade André Moz Caldas que referiu a boa relação e laços que há entre Tomar e o Bairro de Alvalade e está disposto a que entre autarquias e com a parceria da Casa de Tomar se possam fazer mais ações pois as mesmas ajudam a dinamizar o mercado de Alvalade, arrastam pessoas ao mesmo e também contribuem para que os produtores locais possam promover os seus produtos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome