Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tramagal | Tradição do 1º de maio cumpriu-se na Vila Metalúrgica (c/vídeo e fotos)

Apesar da pandemia, a Vila de Tramagal não deixou de assinalar o Dia do Trabalhador, embora de forma contida devido à covid-19. O dia 1 de maio é uma data que se confunde com a própria história do Tramagal, sendo uma data que se comemora desde 1901 na vila metalúrgica, então pela MDF e pelos seus trabalhadores, e que marca também o aniversário do TSU, clube que assinalou 99 anos em atividade, e o Agrupamento nº 273 de Escuteiros, que cumpriu o 53º aniversário da sua fundação. Ao dia festivo juntou-se ainda a SAT, que contribuiu para o abrilhantar do 1º de maio com a participação de vários músicos ligados à coletividade e que interpretaram os hinos do 1º de maio, do TSU e hino nacional, ente outras músicas.

- Publicidade -

O Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, acompanhado pelo vereador Luís Dias, estiveram na manhã do 1 de maio nas várias celebrações que decorreram na vila, acompanhados pelo presidente da Junta de Freguesia de Tramagal, Victor Hugo Cardoso, pela presidente da Assembleia de Freguesia de Tramagal, Sandra Dias, Carlos Duarte Ferreira, neto do fundador da MDF, e alguma população que ali se juntou para se cumprir a tradição de prestar homenagem ao Comendador Eduardo Duarte Ferreira, no Miradouro da Penha, local onde foi edificado um monumento em sua memória.

Festa do 1º de maio assinala-se em Tramagal desde 1901 tendo cumprido este ano 120 anos de celebrações do Dia Mundial do Trabalhador. Foto: mediotejo.net

- Publicidade -

Sem as habituais arruadas, numa cerimónia simples, naquele que é um local emblemático para a Vila e população do Tramagal, Victor Hugo Cardoso salientou a importância de “comemorar o 1º de Maio em Tramagal, para além de lembrar o “patrão velho” e toda a sua dedicação à MDF e à sua terra que o viu nascer”, enaltecendo também “o espírito dos homens e mulheres que sempre lutaram para valorizar a sua empresa que foi uma das empresas mais reconhecidas a nível nacional e internacional”. Victor Hugo destacou ainda os 99 anos de existência do Tramagal Sport União, os 53 anos de existência dos Escuteiros de Tramagal, e o 4 º aniversário do Museu Metalúrgica Duarte Ferreira.

Na cerimónia simbólica esteve também presente Carlos Duarte Ferreira, um dos netos do Comendador Eduardo Duarte Ferreira, que agradeceu o convite e “tudo o que a Câmara e Junta de Freguesia têm feito para manterem esta tradição. Aqui sinto-me em casa, a minha vida foi feita aqui, e este monumento foi inaugurado quando eu tinha 11 anos”, lembrou.

“Todos devemos enaltecer esta data em Tramagal, que sempre teve um grande significado, e que deve ser um caso único e um exemplo nacional”, vincou.

“Menos que ferreiro, se tiver saúde, não deixo de ser. Se puder ser mais alguma coisa, porque não tentar consegui-lo?” – Eduardo Duarte Ferreira (1856-1948). Foto: CMA

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, destacou que “este monumento [de homenagem a Eduardo Duarte Ferreira] representa um homem importante para a Vila do Tramagal, para o Concelho e para o País porque soube ter uma relação muito inteligente com os seus trabalhadores”. O autarca aproveitou o momento para afirmar que “este espaço para nós é muito importante e vamos requalificá-lo em breve para aumentar a dignidade que deve ter”.

A anunciada requalificação do miradouro da Penha, na entrada sul de Tramagal, visa calcetar as zonas ainda em terra batida e modernizar o relvado junto ao busto do Comendador, entre outros melhoramentos que poderão ali ser desenvolvidos no âmbito de um projeto que ainda não é conhecido publicamente.  

Hino do 1º de maio foi interpretado por jovens músicos da SAT. Foto: mediotejo.net

Além destas homenagens ao TSU, aos escuteiros e ao fundador da Metalúrgica Duarte Ferreira, o Museu da MDF esteve aberto ao público durante a manhã, assinalando o seu 4º aniversário, num dia que contou ainda com iniciativas transmitidas nas redes sociais do município ligadas ao espólio de um equipamento cultural que ultrapassou no dia 1 de maio a barreira dos 13 mil visitantes nestes últimos 4 anos.

O Dia 1º de Maio é dia solene em Tramagal, localidade que comemora o Dia do Trabalhador desde 1901. Foto: mediotejo.net

O Dia Mundial do Trabalhador é assinalado na vila metalúrgica desde 1901 e desde então só por duas vezes não se realizou em Tramagal. Uma devido a um acidente na fábrica da MDF, que vitimou alguns trabalhadores (em 1956), e outra no ano da morte do general Carmona (em 1951), estava o país de luto nacional.

Fotos: Jorge Santiago

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome