Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Maio 9, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tramagal | Museu da Metalúrgica Duarte Ferreira recebe visitas virtuais

Uma visita virtual em 360º ao Museu Metalúrgica Duarte Ferreira (MDF), em Tramagal, já é possível nestes tempos de pandemia. Nessa visita pode conhecer a história apaixonante e visionária de Eduardo Duarte Ferreira que ergueu a sua primeira forja em 1879 e que seria o ponto de partida para a construção de uma empresa que primou pela inovação e que chegou a empregar mais de duas mil pessoas.

- Publicidade -

Na exposição virtual pode encontrar documentos e testemunhos de ex-trabalhadores da MDF que recordam as preocupações que a MDF tinha com a educação dos seus funcionários, os apoios que dava, não só aos operários, como aos filhos destes, a par com todos os apoios concedidos ao nível cultural, desportivo e social.

A sugestão para que visite a exposição online “A indústria e a educação em Abrantes: o caso da Metalúrgica Duarte Ferreira, em Tramagal”, está disponível através do site do Município de Abrantes.

- Publicidade -

O Museu foi aberto ao público no dia 1 de maio de 2017 para preservar e divulgar uma parte do património industrial da MDF, importante indústria nacional do século XX que ajudou a escrever a história do Tramagal, e para honrar a memória do pioneiro da metalomecânica em Portugal, Eduardo Duarte Ferreira (1856-1948).

Uma velha aspiração da comunidade tramagalense, o projeto de instalação do Museu, nas instalações dos antigos escritórios da MDF, consolidou-se em 2011, através de uma parceria entre a Câmara Municipal de Abrantes, a Junta de Freguesia de Tramagal e o Grupo Diorama, de Joaquim Dias Amaro, e conta agora com espaços expositivos e documentais daquela que foi uma das principais empresas metalúrgicas do país.

O Museu Metalúrgica Duarte Ferreira foi considerado o Museu do Ano em 2018. O MDF foi ainda distinguido com uma menção honrosa na categoria “Investigação”, pelo trabalho coordenado pela jornalista Patrícia Fonseca e publicado no livro “1879-1997 | Metalúrgica Duarte Ferreira, uma história em constante metamorfose”.

Visita virtual ao Museu MDF disponível em
https://www.theasys.io/…/f0kwoOxpFkVU97OMAnw28tgaNnBldI/

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome