Tramagal | Mitsubishi Fuso quer internacionalizar ‘pontes’ entre estudantes universitários e a fábrica (C/VIDEO)

As ‘pontes’ criadas em Tramagal durante 24 horas consecutivas entre estudantes universitários, operários, engenheiros e administradores da Mitsubishi Fuso Truck Europe (MFTE), no Tramagal, redundaram em mais um sucesso na abertura da fábrica ao exterior e ao ensino superior. Concluída a II edição da maratona tecnológica ‘Hey! Hackaton’, o prémio da maratona de ideias foi entregue à equipa de estudantes “Proto Tripeiros”, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

PUB

Para Jorge Rosa, responsável da Mitsubishi Fuso, “mais do que as ideias”, a “abertura à comunidade estudantil é muito importante (…) Não podemos ficar fechados sob nós mesmos e isso para nós é a maior mais-valia que retiramos deste evento”, que decorreu em simultâneo com a fábrica em plena laboração.

PUB

Em declarações aos jornalistas, Jorge Rosa falou ainda sobre o futuro, tendo referido que, “sobre tanto quanto é possível prever, os objetivos de curto prazo são positivos” e as raízes, esta realidade industrial que aqui está tem as suas raízes na Metalúrgica Duarte Ferreira, “um terreno cujo chão já deu uvas e que vai continuar a ser o que é”.

Questionado sobre os projetos e acessibilidade, Jorge Rosa disse que, sobre a questão das acessibilidades e da ponte de Tramagal, e numa ocasião em que os governantes marcaram presença uma vez mais na Mitsubishi Fuso, “não há momento nenhum em que não seja falada a questão das acessibilidades e a ponte é uma delas, não a única. Nós somos teimosos e vamos insistindo”, afirmou.

Tramagal l Jorge Rosa (CEO) Mitsubishi Fuso

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 29 de Abril de 2017

Foi a presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque, quem presidiu à entrega do prémio à equipa de estudantes vencedora da maratona de ideias, MFTE HeyHackathon, os “Proto Tripeiros”, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Trata-se de uma aplicação tecnológica que, em rede, permite a partilha de veículos elétricos e em que os diferentes clientes podem reservar a utilização do veículo fazendo uma partilha da mesma utilização não necessitando de a comprar, permitindo um melhor controlo da frota e uma otimização de recursos. A ideia valeu aos autores uma visita à Mercedes-Benz Museum na Alemanha.

Proto Tripeiros venceram está segunda edição do #heyhackathon

Publicado por MFTE HeyHackathon em Sábado, 29 de Abril de 2017

Relativamente às propostas de soluções tecnológicas que os universitários tiveram de resolver, Jorge Rosa, CEO da MFTE, lembrou que os desafios, este ano, estavam “mais ligados à conetividade, quer das pessoas, quer dos produtos e quer dos processos”, tendo destacado que o balanço da iniciativa foi “muito positivo”.

“O resultado final era exatamente aquilo que nós esperávamos. As expectativas não saíram defraudadas (…) Tivemos excelentes ideias e portanto os objetivos estão de facto cumpridos e estamos muito satisfeitos. Pensamos que foi uma maratona também para a organização, e estamos muito satisfeitos”, reiterou, tendo referido que o Hey! Hackaton pode evoluir para a internacionalização (…) muito provavelmente já em 2018”, adiantou.

O Hey! Hackathon 2017 desafiou 25 equipas, num total de 120 jovens, a desenvolver novas soluções em 3 áreas: “Connected Product” – como um serviço de mobilidade sustentável; “Connected Process” – como uma ferramenta para a eficiência produtiva, e “Connected People” – como forma de melhorar a comunicação na linha de produção.

Tramagal l final hey! Hackaton

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 29 de Abril de 2017

Numa organização conjunta da MFTE e do CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto, no Hey! Hackathon estiveram representadas 10 instituições de ensino superior, de norte a sul, entre as quais as Universidades do Minho, Porto, Aveiro, Beira Interior, Coimbra, Lisboa e Évora, e os Politécnicos do Porto, Leiria e Tomar.

O pontapé de saída do evento foi protagonizado por Rui Jorge, Selecionador Nacional de Futebol de Sub-21, que fez uma palestra motivacional sobre a importância do trabalho em equipa.

Não esquecendo a responsabilidade social, os alunos participantes colaboraram na campanha interna de recolha de bens alimentares. Foram angariados 662 quilos, duplicados pelas entidades organizadoras do evento e entregues no sábado à representante da delegação de Abrantes do Banco Alimentar Contra a Fome.

A inauguração do evento, ao final da tarde de sexta-feira, contou com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, tendo ambos elogiado a administração da Mitsubishi e referido que a empresa de Tramagal é um “exemplo nacional, não apenas no avanço tecnológico, mas na capacidade e estimulo à aprendizagem”, tendo defendido que são iniciativas como estas que poderão ajudar a criar “uma geração mais empreendedora”.

 

A maratona de ideias tecnológicas regressa à fábrica da Mitsubishi no Tramagal em 2018.

C/ CMA

PUB
PUB
Mário Rui Fonseca
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).