Tramagal | Equipa renovada assegura dinâmica da Associação de Melhoramentos até 2022 C/VIDEO)

Foi com um cerimónia simples e discreta mas perante uma equipa motivada e mesclada de juventude e experiência que Isabel Peixoto tomou posse no sábado como presidente da direção da Associação de Melhoramentos da Freguesia de Tramagal (AMFT), num mandato válido por dois anos (2020-2022). Fazer obra, requalificar, preservar e manter atividades emblemáticas, como o almoço das comunidades, foram algumas das promessas da nova equipa. O ato eleitoral decorreu no dia 11 de novembro e Isabel Peixoto sucede no cargo a Rui Pinheiro, tendo os novos orgãos sociais tomado posse no dia 14 de novembro.

PUB

Em declarações ao mediotejo.net Isabel Peixoto disse que, apesar dos tempos de pandemia, os atuais corpos dirigentes, mesclado por jovens e por pessoas com mais experiência associativa, não poderia deixar cair a Associação num vazio diretivo, elogiou os anteriores corpos diretivos, e disse que há muitas ideias e projetos para concretizar, tendo lembrado um historial da AMFT que inclui a construção do pavilhão municipal do Tramagal, as casas mortuárias de Tramagal e Crucifixo, o complexo desportivo dos campos de ténis e o jardim infantil, construído nos terrenos contíguos ao campos de ténis, onde está a sede da associação.

Isabel Peixoto disse que esta segunda-feira vai já reabrir concurso para cedência de exploração do café Campos de Ténis, tendo ainda avançado que o almoço das comunidades tramagalenses se irá manter. A ideia é “fazer obra”, requalificar o património existente, a par de outras iniciativas que serão apresentadas quando definido o plano de atividades, documento que estará definido e aprovado até ao final do mês de dezembro.

PUB

Isabel Peixoto é a nova presidente da direção da Associação de Melhoramentos da Freguesia de Tramagal. Foto: mediotejo.net

Vitor Hugo Cardoso, presidente da Junta de Freguesia de Tramagal, e presidente cessante da Assembleia da AMFT, destacou ao mediotejo.net o trabalho efetuado ao longo de mais de 30 anos pela associação, e deixou uma palavra de incentivo à nova equipa diretiva, tendo feito ainda um ponto de situação relativamente à pandemia em Tramagal, onde não há muitos casos ativos atualmente mas onde há um óbito a lamentar.

VIDEO COM DECLARAÇÕES DE ISABEL PEIXOTO E VITOR HUGO CARDOSO:

A equipa diretiva é presidida por Isabel Peixoto, sendo Catarina Rodrigues a vice-presidente, e Inês Brás Nunes a secretária. Rita Rodrigues assume o cargo de tesoureira, sendo a direção composta ainda por Pedro Rosa (vogal), Carolina Bernardes (suplente) e Joaquim Peixoto (suplente).

O Conselho Fiscal tem como presidente Vitor Almeida, como secretário Isabel Augusto, e como relator José Brito Neto, sendo Cesaltina Neto suplente.

Vitor Almeida assume a presidência do Conselho Fiscal da AMFT. Foto: mediotejo.net

A Assembleia da AMFT, por sua vez, passa a ser presidida por Joaquim Simplício, tendo Francisco Vilela como vice-presidente e Pedro Rodrigues como secretário.

Joaquim Simplício assume o lugar de Presidente da Assembleia Geral da AMFT, rendendo no cargo Vitor Hugo Cardoso. Foto: mediotejo.net

Ao longo da sua história, a AMFT, instituição fundada em 1987, tem contribuído para a construção de equipamentos tidos por necessários para a comunidade onde se insere, como seja o pavilhão gimnodesportivo, casas mortuárias de Tramagal e Crucifixo, complexo de campos de ténis na zona desportiva da vila, a par de um parque infantil, edificado no mesmo local, e inaugurado em dezembro de 2014.

AMFT/BREVE HISTORIAL

A Associação de Melhoramentos da Freguesia de Tramagal (AMFT) é uma entidade pública sem fins lucrativos que se dedica à promoção de estudos e implementação de ações de natureza diversa que visam essencialmente o bem-estar da sua população.

Esta associação criada em 29 de Maio de 1987, iniciou a sua atividade estudando a forma de poder trazer sempre obras que se traduzissem em mais-valias para a freguesia. Assim, em 10 de Novembro de 1991, e com vários tipos de apoios, inaugurou a casa mortuária de Tramagal, obra há muito ansiada pela população. Continuando o seu trajeto, a associação iniciou um projeto de construção de um pavilhão desportivo, obra elementar pois o apoio à atividade desportiva tanto escolar como da população era inexistente. A 20 de maio de 1995 essa obra tornou-se uma realidade visível para todos, o Pavilhão Municipal de Tramagal era inaugurado, e mais uma vez com o apoio importante da população, pois contribuiu com uma verba significativa para a altura.

Sabendo esta associação que o lugar do Crucifixo tinha o desejo de ai edificar uma casa mortuária, pôs mão à obra, foram feitos os contactos necessários, e com o apoio de todos essa obra veio a ser uma realidade em 27 de dezembro de 1997.

A Associação de Melhoramentos da Freguesia de Tramagal ao longo dos anos foi tendo sempre a preocupação de, em consonância com a Junta de Freguesia e Câmara Municipal, estabelecer prioridades e propôs-se sempre a colaborar com todos, desde que a melhoria da qualidade de vida da sua população fosse uma prioridade. Assim e após a execução de três importantes obras achou a associação que muito ainda havia a fazer. Não possuindo sede própria e tendo vontade de continuar com a execução de obra achou por bem encetar contactos com a Câmara Municipal no sentido de ser disponibilizada uma parcela de terreno na zona desportiva de Tramagal para aí poder construir uns campos de ténis.

Após protocolo estabelecido e cedência de terreno concluída, a AMFT deu inicio à construção dos atuais campos de ténis de Tramagal, inaugurados em 28 de outubro de 2001, espaço esse onde hoje tem a sua sede.

Passados alguns anos e após varias crises, em outubro de 2011 foram analisadas algumas prioridades na vila e chegou-se à conclusão que o resto da parcela de terreno cedido pela Câmara Municipal tinha de ser preenchido com uma nova obra, um parque infantil/circuito manutenção física, e cuja concretização passou assim a ser um objetivo para a associação.

A 21 de dezembro de 2014 foi então inaugurado o novo parque infantil em Tramagal, uma mais valia para a vila, um local multigeracional que permite à população usufruir deste espaço numa zona desportiva e de lazer da freguesia. Hoje o espaço está encerrado por restrições impostas pela pandemia de covid-19, pandemia que, apesar de oito meses de desgaste, não impediu um punhado de tramagalenses de se juntar e agarrar os destinos desta prestigiada associação da Vila Convívio.

PUB
PUB
Mário Rui Fonseca
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).