Tramagal | “É um orgulho para Portugal”, produção de camião elétrico “é o futuro” – Marcelo (C/FOTOS/VIDEO)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que a produção do camião elétrico eCanter na fábrica da Mitsubishi Fuso instalada em Tramagal “é um orgulho para Portugal” e “é o futuro” das sociedades.

PUB

O chefe de Estado assistiu hoje à tarde à cerimónia de lançamento deste novo veículo, na fábrica do Tramagal, no concelho de Abrantes, juntamente com o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e não estava previsto que discursasse.

No entanto, acabou por fazer um discurso de cerca de oito minutos, em inglês, em que afirmou que Portugal sente as alterações climáticas como “um desafio de hoje e do futuro”, observando: “Sei que outros pensam de forma diferente, mas não é o nosso caso. Esta é realidade, temos de lidar com ela”.

PUB

Neste contexto, defendendo que é necessário “procurar formas de energia mais limpa”, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que se deve “valorizar o que tem sido feito aqui e no Japão, por todo o mundo, por esta empresa”, e expressou orgulho neste projeto.

“Orgulho, porque olhei à volta e vi tantos trabalhadores qualificados, homens e mulheres, portugueses e japoneses, a trabalhar juntos para construir este camião, este eCanter. É um motivo de orgulho para Portugal”, disse.

O Presidente da República agradeceu “a cada um dos trabalhadores, jovens e mais velhos, homens e mulheres, pelo que estão a fazer”, considerando que o veículo elétrico hoje apresentado representa “o futuro para os países, para as cidades, para as economias, para as sociedades”.

“É o futuro, falando de uma nova sociedade e de uma nova economia”, reforçou.

O chefe de Estado falou de passagem sobre a situação do país, em tom positivo: “Temos razões para ter esperança e para ter confiança, que é muito mais do que esperança, quando olhamos para Portugal e para o que sofremos nos últimos quatro anos e meio de crise, e como várias empresas enfrentaram e ultrapassaram essa crise”.

Marcelo Rebelo de Sousa apontou a Mitsubishi Fuso como “uma empresa que é um exemplo muito bom” do crescimento da economia portuguesa e de investimento, “tanto económico como social”.

“Por isso, sinto-me bem, sinto-me muito, muito feliz”, concluiu, dando os parabéns à empresa em nome de todos os portugueses, e depois de uma tarde a Mitsubishi Fuso em que a sua popularidade ficou bem vncada, não se furtando a tirar selfies a pedido dos trabalhadores e fazendo questão de acenar e cumprimentar os funcionários, um a um, que nunca pararam a laboração.

Antes de proferir a sua intervenção, e enquanto os técnicos lhe preparavam os dois microfones de lapela, Jorge Rosa, CEO da MFTE, disse ao mediotejo.net que “este é um presente bom, ter aqui o Sr. Presidente da República, sempre, claro”, tendo sido claro relativamente ao futuro da unidade fabril do Tramagal:“eu acho que as expetativas são boas”, afirmou, tendo partido para o palanque e iniciado a cerimónia oficial de lançamento do novo modelo ECanter.

Começa aqui a “era da mobilidade elétrica”, sublinhou Jorge Rosa, presidente da Mitsubishi Fuso, que agradeceu à presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque e ao vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Duarte Cordeiro, pela participação das duas autarquias nos testes de veículos de pré-série produzidos em 2015 que “conduziram objetivamente a esta parceria entre Portugal e a Fuso”.

Em declarações ao mediotejo.net, Maria do Céu Albuquerque disse que este “é um grande momento, são 100 viaturas totalmente elétricas que serão aqui produzidas. São as primeiras a nível mundial, as outras 50 serão produzidas no Japão e apraz-nos registar que a maior parte delas vão ficar aqui na Europa, uma das quais em Portugal e também aqui em Abrantes, e as outras irão para os Estados Unidos. E apraz-nos registar que são postos de trabalho que se mantêm, que se criam, e a nós, Câmara, cumpre-nos também registar que ajudámos a criar condições para que isso aconteça porque é essa a nossa função, também de ser investidores facilitadores ao lado das nossas empresas”

Em resposta se a visita de Marcelo Rebelo de Sousa representava a “cereja no topo do bolo” pelo trabalho desenvolvido pela MFTE, a autarca disse: “colaborámos nesse ponto de vista porque a presença do Sr. Presidente da República vem, no fundo, ser a cereja em cima do bolo. Dar a dimensão a este momento também se impõe e a Mitsubishi merece porque há 10 anos que uma crise sem precedentes se instalou em Portugal e no mundo e aquilo que foi o esforço desta fábrica, desta empresa para manter postos de trabalho e criar projetos alternativos de maneira a conseguir ficar no mercado é de registar, e a presença do Sr. Presidente da República e do Sr, Ministro da Economia hoje aqui vem precisamente relevar  esse esforço e, no fundo, também felicitar não só a administração, mas também os trabalhadores por todo esse esforço”, vincou.

Vítor Hugo Cardoso, presidente da Junta de Freguesia de Tramagal, também se regozijou com a presença do Presidente da República na ‘Vila Metalúrgica’, tendo referido ao mediotejo.net ser “com uma grande emoção que recebemos o Presidente da República hoje numa grande marca que é a Mitsubishi Tramagal. É para nós, para esta empresa e para o lançamento do novo camião da  Mitsubishi… para nós, tramagalenses, é um orgulho ter cá o Presidente da República. Começámos… ao longo dos anos fomos sempre visitados por altas individualidades do Estado e esta é mais uma… É para nós, tramagalenses, um grande orgulho”

Em resposta à Mitsubishi Tramagal ser a maior empregadora da freguesia e uma maior das maiores do concelho de Abrantes, o autarca disse que “é a maior exportadora do nosso distrito. Evidentemente, para nós, e a gente sabe que o Tramagal hoje vive muito à base da Mitsubishi. Tudo o que nós temos no Tramagal hoje se deve muito à Mitsubishi e, inerentemente, para nós esta fábrica é de extrema importância para nós e para a região e para o nosso concelho”.

Tramagal | Mitsubishi oferece três veículos 4×4 às corporações de bombeiros de Pedrógão

O presidente executivo da Mitsubishi Fuso Truck Europe, Jorge Rosa, anunciou hoje que a empresa vai oferecer três veículos 4×4 às corporações de bombeiros afetadas pelo incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande em junho passado.

“A empresa decidiu fazer a oferta de três veículos 4×4 da nossa produção às corporações de bombeiros afetadas na terrível tragédia de Pedrógão Grande. Em devido tempo, faremos obviamente uma cerimónia, para o final do ano, de entrega destas viaturas aos bombeiros e à Liga [dos Bombeiros Portugueses]”, afirmou Jorge Rosa, acrescentando: “Julgo que terá de ser primeiro à Liga”.

Fotos: Jorge Santiago

C/Agência Lusa

PUB
PUB
Mário Rui Fonseca
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).