Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tramagal | Convívio motard animou bairro da Lamacheira (C/FOTOS)

O popular Bairro da Lamacheira, em Tramagal, recebeu no sábado, 24 de junho, o 4º Encontro de Motards denominado Moto Lamacheira.

- Publicidade -

Numa organização de entusiastas por veículos de duas rodas, liderados por José Lemos, e com o apoio logístico da Associação Convívio Lamacheira e Barca, a iniciativa teve a presença de dezenas de motards do Tramagal, alguns na diáspora, e de clubes convidados como o GAMA, de Abrantes, ou “Os Últimos do Ribatejo” de Sardoal.

O almoço, com porco no espeto, foi um momento alto de convívio a anteceder o já tradicional passeio pelas ruas de Tramagal e Crucifixo.

- Publicidade -

Antes do ronco das motos se fazer ouvir foi guardado um minuto de silêncio em memória de Hugo Jacob, natural de Tramagal,  recentemente falecido em condições trágicas. Terminou com um sentido aplauso, imbuído de espírito motard.

O cortejo, numa demonstração de elevado civismo, animou as ruas de uma freguesia que estava também em festa, já que se comemorava o 263º aniversário da elevação de Tramagal a freguesia e o 30º de elevação a Vila.

Tempo ainda para uma “paragem técnica” no Café Tobias que se associou ao evento oferecendo apoio logístico de forma a combater o forte calor que se fazia sentir.

Foi já com o sol a ‘esconder-se’ que terminou este 4º Convívio com a habitual “bucha”.
Boa iniciativa onde imperou a boa disposição e onde as “duas rodas”, sem esquecer as saudosas “cinquentinhas”, foram rainhas por um dia na Vila Convívio.

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here