Terça-feira, Março 2, 2021
- Publicidade -

Tramagal | Centro de Saúde e freguesia sensibilizam população para a Diabetes

Para assinalar o Dia Mundial da Diabetes, esta quinta-feira, dia 14 de novembro, o pólo do Centro de Saúde de Tramagal da Unidade de Saúde Familiar (USF) Beira Tejo, em parceria com a junta de freguesia local, promovem uma caminhada em família entre as 9:30 e as 11:30 de forma a sensibilizar a população, desde os mais miúdos aos mais graúdos, para esta doença.

- Publicidade -

Com um grau de dificuldade considerado fácil, a caminhada tem partida no centro de saúde de Tramagal, numa iniciativa que inclui avaliação (facultativa) de glicémias antes e depois da caminhada. As inscrições, gratuitas, devem ser efetuadas até esta quarta-feira, junto da USF Beira Tejo, no pólo de Tramagal ou na junta de freguesia, através do telefone: 961620325.

A iniciativa visa alertar e divulgar informações sobre a diabetes mas, e sobretudo, sobre a necessidade de preveni-la por via de uma alimentação saudável e pela prática de atividade física.

- Publicidade -

A Diabetes é uma doença em que existe excesso de um açúcar – a glucose – no sangue. A insulina é uma hormona produzida pelo pâncreas, responsável por ajudar a glucose a passar do sangue para o interior das células. A diabetes ocorre quando o pâncreas não é capaz de produzir esta hormona em quantidade suficiente e ficamos com excesso de glucose/açúcar no sangue. Para tratar é necessário tomar insulina.

Existem dois tipos de diabetes, sendo que a diabetes tipo 1 ocorre com mais frequência em crianças, adolescentes e jovens adultos, tornando-se indispensável o tratamento com insulina. A tipo 2 é também conhecida como a diabetes do adulto e para a tratar é necessária a toma de medicamentos. A dieta e a redução de peso são muito importantes na prevenção e tratamento da diabetes.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).