Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Setembro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tramagal | Associação de Melhoramentos requalifica e reabre Parque Infantil

Um ano depois de ter encerrado ao público, primeiro devido às restrições da pandemia e depois pela necessidade de obras de requalificação, o Parque Infantil de Tramagal reabriu no sábado as portas após um investimento na ordem dos 18 mil euros.

- Publicidade -

“A nossa maior recompensa foi ver a alegria no rosto das crianças”, disse ao mediotejo.net a presidente da Associação de Melhoramentos da Freguesia de Tramagal (AMFT), Isabel Peixoto, relativamente ao parque infantil localizado junto aos campos de ténis, na zona desportiva da vila, e que passa a funcionar todos os dias da semana, das 8:00 às 22:00, de segunda a sexta-feira, e das 9:00 às 22:00, ao sábado e ao domingo.

Após os necessários trabalhos de requalificação, o equipamento recebeu na sexta-feira o certificado de conformidade, após a realização de trabalhos e reparações nos equipamentos das crianças e de substituição do piso, tendo os dirigentes da AMFT aproveitado para fazer pinturas e uma limpeza geral ao espaço infantil e parque de fitness.

- Publicidade -

Parque infantil de Tramagal reabriu após um ano encerrado. Foto: DR

No seu discurso, Isabel Peixoto agradeceu a quem apoiou com mão de obra e alguns materiais, tendo destacado um investimento global na ordem dos 18 mil euros que não teria sido possível executar sem o apoio financeiro do município de Abrantes, que aprovou em reunião de executivo uma verba de 15 mil euros para fazer face a este investimento da AMFT. A verba em falta será suportada pela Associação, que já anunciou que vai realizar no dia 11 de setembro um ‘Take Away Jovem’ para angariação de fundos.

Reabertura de parque infantil de Tramagal foi motivo de alegria para míudos e graúdos. Foto: DR

“Bem-vindos de volta ao Parque Infantil. Após um ano de encerramento, devido às regras impostas pela pandemia que (infelizmente) ainda vivemos, e após terem sido levantas as restrições, ao prepararmos a reabertura do parque infantil, deparámo-nos com um problema, com o qual não contávamos. Queríamos garantir que reabrimos legalmente e em segurança, mas a inspeção (a que somos obrigados anualmente) detetou que o parque não estava nas melhores condições, nomeadamente ao nível do piso, o que não permitiu a reabertura de imediato”, começou por contextualizar a dirigente associativa.

“Conscientes da importância desta infraestrutura para a Freguesia de Tramagal, mais propriamente para as nossas crianças, começamos de imediato a procurar soluções, encarando um novo problema, que se prendeu com os valores dos orçamentos que nos chegaram. A associação não tinha como angariar de forma célere os valores que nos pediam… tínhamos a opção de desistir e fechar o parque definitivamente”, continuou.

Um ano depois de encerrado ao público, os dirigentes da AMFT assinalaram a reabertura do equipamento infantil. Foto: DR

“Achámos que não podíamos baixar os braços e, com a ajuda da Junta de Freguesia, na pessoa do seu presidente, Vitor Hugo, que esteve sempre ao nosso lado e foi a ponte no contacto com as empresas, assim como com a Câmara Municipal, com quem nos sentámos e imediatamente se prontificaram a ajudar financeiramente, assim como a acompanhar todo o processo e obra”, disse Isabel Peixoto, num agradecimento às entidades públicas e empresariais e aos associados que colaboraram nos trabalhos.

Reabertura do parque infantil contou a presença de entidades públicas, dirigentes e amigos da AMFT. Foto: DR

“A eles o meu reconhecimento e gratidão”, concluiu, tendo reaberto de seguida o colorido parque infantil, perante a alegria da pequenada que aguardava impaciente, no exterior.

A AMFT, fundada em 1987, tem contribuído para a construção de equipamentos tidos por necessários para a comunidade, como seja o pavilhão gimnodesportivo, casas mortuárias de Tramagal e Crucifixo, complexo de campos de ténis na zona desportiva da vila, a par de um parque infantil, edificado no mesmo local, e inaugurado em dezembro de 2014.

Em maio, aquando da celebração do 34º aniversário da AMFT, Isabel Peixoto já dava conta do encerramento do parque infantil, carecendo de um investimento significativo para a sua reabertura, verbas para as quais a dirigente disse querer sensibilizar empresários e autarcas na concessão de apoios para a sua concretização e que passavam pela substituição integral do atual piso e alguns melhoramentos nos equipamentos das crianças.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome