Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Julho 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tramagal | 30 Anos: “A última canção”, por António José Carvalho

Desafia-me o Médio Tejo a dizer alguma coisa sobre a minha terra, que este ano comemora 30 anos de reconhecimento oficial como vila. Não me é fácil. Tramagal é o produto de muitas gerações a tentar conseguir melhorar, em Portugal já foi sinónimo de progresso, são muitas histórias… Conto uma, como quem conta histórias num convívio tramagalense.

Zé Leonel, o primeiro vocalista dos Xutos & Pontapés, autor do primeiro sucesso da banda (Sémen), um single que o Guilherme tinha e que ouvimos na Rua do Centro Agrícola, quando esta ainda não se chamava assim, atuou no Tramagal nos anos oitenta do século passado, no âmbito de um concerto pacifista, a cuja organização esteve ligado o Mário Rui…

Zé Leonel recordou isso numa das suas últimas mensagens no blogue da sua banda, Ex-Votos, dizendo que “foi muito corajoso, deu enormes complicações, mas houve coragem e o concerto fez-se”…

A última canção escrita por Zé Leonel chama-se “Borboleta” e eu creio que é a de Tramagal, a terra marca…

Ouçam, que eu fiquei sem palavras.


 

PUB
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -