Torres Novas | Zona Alta com quatro campeões nacionais de ginástica

A última prova da época do Campeonato Nacional de Ginástica Artística Feminina e Masculina decorreu nos dias 24 e 25 de junho no Palácio dos Desportos em Torres Novas. Esta competição foi organizada pela Federação Portuguesa de Ginástica em colaboração com a Câmara Municipal de Torres Novas.

PUB

Para os ginastas da casa, da União Desportiva e Recreativa da Zona Alta (UDRZA), a prova não podia correr melhor com todos os ginastas masculinos a subirem ao pódio.  Estiveram nesta competição em representação da UDRZA os ginastas Duarte Naia, Pedro Alves, João Maia, Rúben Rama, Roberto Mota e Joana Fernandes.

Nesta competição estiveram representados mais de 20 clubes de todo o país. No dia 25 de junho ainda houve competição das ginastas iniciadas no período da manhã e a partir das 17 horas celebrou-se a festa da ginástica da UDRZA no 34º Festival Nacional de Ginástica de Torres Novas.

PUB

XXXIV Festival de Ginástica da UDRZA com 400 atletas

Foto: DR

PUB

Mais de 400 ginastas participaram no XXXIV Festival de Ginástica da UDRZA que teve lugar no Palácio dos Desportos, na tarde de 25 de junho. Além dos ginastas da UDRZA estiveram os cubes convidados, Independente Futebol Clube Torreense e Lisboa Ginásio Clube.

Mais uma vez as bancadas do Palácio dos Desportos estiveram cheias de público que assistiu a um total de 29 apresentações. O espetáculo de ginástica teve início com os mais pequeninos, passou pelas diversas classes de formação e competição, pelos adultos e terminou com a classe de representação Ritmartgym, numa tarde de muita cor e alegria que terminou em festa.

Marcaram presença na cerimónia de abertura do Festival o presidente da UDRZA, João António, acompanhado por outros membros da direção, o presidente da Câmara Municipal Pedro Ferreira, o vice-presidente Luís Silva, a vereadora da Cultura, Elvira Sequeira, os presidentes das Uniões de Freguesia, Pedro Morte e Júlio Clérigo e o presidente da Associação de Ginástica de Santarém, Vítor Varejão.

PUB
Jorge Santiago
Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).