Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Agosto 2, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | Só o Canil Intermunicipal pode recolher cadáveres de animais

A proposta do Bloco de Esquerda (BE) para isenção de taxas referentes à incineração de cadáveres de animais recolhidos pela Associação Protetora dos Animais (APA) de Torres Novas foi reprovada por maioria na reunião camarária de 20 de dezembro, terça-feira. Segundo explicou a vereadora Sónia Sousa (PS), responsável pelo pelouro, só o Canil Intermunicipal pode recolher cadáveres de animais.

A proposta havia sido apresentada pela vereadora Helena Pinto (BE) que começou por manifestar discordância com os pareceres da veterinária municipal e do gabinete jurídico. Segundo a autarca, o tópico estava a ser interpretado erradamente, num tema que se limitava a isenção de taxas a uma associação e não à sobreposição com o trabalho do Canil Intermunicipal.

Sónia Sousa argumentou que a quem compete legalmente fazer a recolha de cadáveres e possui os meios próprios para esse efeito é o Canil Intermunicipal, tendo havido recentemente uma reunião com a APA em que se expuseram estas questões. A vereadora Elvira Sequeira (PS), anterior detentora do pelouro, adiantaria que a APA já havia sido avisada sobre o facto. Já o vice-presidente Luís Silva (PS) explicaria que estar a passar uma isenção de taxas à APA seria criar uma mecanismo que permitiria a entrega de cadáveres para incineração sem pagamentos de taxa.

O tema gerou discussão, com Helena Pinto a contestar a leitura que estava a ser feita da sua proposta e do trabalho da APA, que tem recolhido e entregue cadáveres sem contestação do seu trabalho. O presidente da câmara, Pedro Ferreira, acabaria por constatar que tem que haver mais rigor no que toca à recolha de animais e na responsabilidade dos serviços municipais.

A proposta do BE foi reprovada por maioria, com as abstenções do PSD e da CDU. Ficou assim o aviso: quem encontre ou tenha em sua casa cadáveres de animais, tem que ligar ao Canil Intermunicipal para fazer a recolha e proceder à incineração.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome