Torres Novas: Sérgio Godinho traz ‘Liberdade’ ao Teatro Virgínia

O cantautor Sérgio Godinho regressa ao Médio Tejo para um concerto no Teatro Virgínia, em Torres Novas, a 1 de outubro (sábado), pelas 21h30.

PUB

A canção ‘Liberdade’, do álbum “À Queima Roupa” (1974), é mote para um concerto que pretende revisitar o repertório do cantor e a vivência no Portugal democrático, festejando 40 anos de democracia, sendo aliás o motivo deste trabalho do músico – os 40 anos de 25 de abril de 74.

Este trabalho estreou em abril de 2014, no Teatro São Luiz, em Lisboa, e tem desde aí percorrido o país em “Liberdade”, tendo resultado num novo disco.

PUB

Sérgio Godinho conta, por isso, com Nuno Rafael (guitarras, percussões, coros), Miguel Fevereiro (guitarras, coros), Nuno Espírito Santos (baixo), João Cardoso (teclado, coros) e Sérgio Nascimento (bateria e percussões) em palco para uma noite de reminiscência.

O músico e compositor de 71 anos vai com certeza lembrar outros temas que marcaram a sua carreira no pós-25 de abril, aclamadas em manifestações e ações populares, como “Com um brilhozinho nos olhos”, “O Primeiro Dia” e “É Terça-feira”.

PUB

Sérgio Godinho insere-se num registo de folk, música popular portuguesa e de intervenção, conquistou por duas vezes o Prémio José Afonso na década de 90, e tem colaborado mais recentemente com o músico Jorge Palma. Iniciou a sua carreira em 1972. Já publicou algumas obras literárias de poesia, ficção e literatura para a infância, nomeadamente ‘Vida Dupla’ (2014), ‘O pequeno livro dos medos’ (2004), ’60 Canções’ (2012) e o ‘Sangue Por Um Fio’ (2009).

As entradas para o concerto devem ser adquiridas através da Ticketline ou do Teatro Virgínia.

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here