Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | Programa de vouchers de descontos com 40 estabelecimentos aderentes

A campanha “Torres Novas Dá um Desconto”, que decorre até ao final de agosto, já conta com 40 estabelecimentos aderentes. Este é um programa inserido nas medidas de combate às consequências da pandemia que oferece vouchers de desconto nas lojas torrejanas.

- Publicidade -

O município de Torres Novas está a promover, até 31 de agosto, uma campanha que visa apoiar atividades económicas como restauração, alojamento e serviços, que apresentaram quebras significativas devido à pandemia. Através da emissão de cartões de 5 euros e 10 euros, que podem ser adquiridos pelos munícipes por metade do valor, esta iniciativa tem como objetivo tornar o comércio local mais atrativo, incentivar o consumo e apelar à sustentabilidade da economia local.

A Campanha “Torres Novas Dá um Desconto” destina-se a estabelecimentos de restauração e outros serviços do concelho de Torres Novas, que apresentem Classificação das Atividades Económicas (CAE), nomeadamente: alojamento; restauração e similares; agências de viagem; atividades de operadores turísticos; atividades de ginásio e fitness; reparação de calçado e de artigos de couro; lavagem e limpeza a seco de têxteis e peles; salões de cabeleireiro e institutos de beleza; atividades de tatuagem e similares.

- Publicidade -

Todos os interessados podem adquirir os cartões (de 5 euros e 10 euros pelo valor de 2,5 euros e 5 euros respetivamente) no serviço de Tesouraria do Município de Torres Novas, sito na Rua General António César de Vasconcelos Correia, de segunda a sexta das 8h30 às 16h, e nas Piscinas Municipais Fernando Cunha, de segunda a sexta das 8h30 às 19h.

Só podem ser adquiridos cartões num valor máximo de 15 euros, que se traduzem num valor de 30 euros, sendo que todas as compras/consumos efetuados devem ser de valor igual ou superior ao valor do mesmo, não havendo lugar a troco ou reembolso.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome