Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | PJ esteve na Câmara devido a denúncias sobre Fabrióleo e Renova (C/ÁUDIO)

A Polícia Judiciária esteve na passada quinta-feira, 26 de agosto, na Câmara Municipal de Torres Novas, a consultar documentação relativa à Fabrióleo e à Renova. Os casos foram espoletados por denúncias anónimas e, segundo informação municipal, o intuito era encerrar ambos os processos.

- Publicidade -

A informação foi publicada no Facebook da Câmara de Torres Novas na sexta-feira, dia 27, com a indicação da visita de elementos da PJ às instalações municipais, “no intuito de encerrarem processos já conhecidos relativos por forma direta ou indireta às empresas Fabrióleo e Renova, fruto de denúncias anónimas”.

O evento não mereceu nenhum comentário por parte dos vereadores da oposição na reunião camarária pública de 31 de agosto, nem declaração do próprio presidente Pedro Ferreira (PS).

- Publicidade -

Em declarações ao mediotejo.net, o autarca explicou que não foi a primeira vez que a PJ se deslocou à Câmara devido a denúncias anónimas e, dentro do que conseguiu apurar, a mais recente visita teve como objetivo encerrar os processos.

Serão “questões relacionadas com a Fabrióleo e em relação à Renova, por comparação”, adiantou, presumindo que o interesse da PJ seriam as Declarações de Interesse Público, que foram recusadas à empresa de óleos alimentares e não à indústria de papel instalada na Zibreira.

ÁUDIO | PEDRO FERREIRA, PRESIDENTE CM TORRES NOVAS

Em todo o caso, salientou, os casos já têm alguns anos, não se remetendo a situações recentes.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome