Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | Paulo Vakulyuk (CNTN) bate recordes no Europeu de Roma em natação

O Clube de Natação de Torres Novas (CNTN) teve uma semana de intensa atividade e excelentes resultados com o atleta Paulo Vakulyuk a bater vários recordes pessoais e um recorde nacional no Europeu de Juniores que se disputou em Roma de 6 a 11 de julho e com a participação no Campeonato Distrital que decorreu entre os dias 9 e 11 de julho em Rio Maior.

- Publicidade -

O atleta Paulo Vakulyuk, 18 anos, teve uma participação muito positiva no Campeonato de Europa de Juniores quer no plano individual, onde fez o pleno de recordes pessoais nos 50 e 100 metros mariposa e nos 50 metros livres, tendo estabelecido um novo recorde nacional na meia final dos 50 mariposa.

Em nota de imprensa, o CNTN dá conta que, em todas as provas o Paulo Vakulyuk “melhorou claramente os recordes pessoais, atingiu as meias finais nos 50 e 100 mariposa, melhorando novamente os seus tempos nas meias finais, e ficou apenas a 1 centésimo de segundo de atingir a meia final nos 50 livres. Nos 50 mariposa estabeleceu novo recorde nacional na meia final” destaca o clube torrejano.

- Publicidade -

A seleção portuguesa presente em Roma participou na estafeta de 4×100 livres mistos e esteve em evidência ao alcançar a final desta prova, tendo registados recordes nacionais na eliminatória e na final. Em ambos os casos com Paulo Vakulyuk a integrar a estafeta e a melhorar substancialmente o seu tempo dos 100 livres.

O atleta torrejano sai de Roma com 1 recorde nacional individual, 2 recordes nacionais em estafetas, 2 meias finais individuais, 1 final com a estafeta e um total de 5 recordes pessoais (que passam também a ser recordes do CNTN e ANDS da categoria Júnior, mas também absolutos).

Portugal esteve bem representado em Roma no Europeu de Juniores em natação. Foto: DR

“O balanço é, por isso, francamente positivo, não só pela evolução denotada nesta competição, quer nos recordes pessoais, quer nas classificações, mas também perante os fortes constrangimentos a que o CNTN está diariamente sujeito pela entidade gestora das instalações”, pode ler-se na mesma nota.

Títulos, Medalhas, Recordes e Estreias nos Distritais em Rio Maior

Rio Maior acolheu o Campeonato Distrital entre os dias 9 e 11 de julho e a Rafaela Mendes, Margarida Morais, Inês Ramos, Diogo Matreno, Beatriz Casal e o João Pires alcançaram 11 títulos distritais num total de 45 pódios obtidos ainda por Afonso Pinho, Pedro Santana, Margarida Luís, Maria Inês Cochicho, Martim Oliveira e Bernardo Simões.

Ao longo do campeonato, o CNTN conseguiu ainda diversos recordes pessoais e do clube através dos nadadores já mencionados e ainda da Beatriz Simões, Camila Luís, Joana Vicente, Laura Conde, Leonor Santos, Miguel Pereira, Rodrigo Vicente, Salvador Serra, Simão Oliveira e Tiago Trincão.

Destaque ainda para o mínimo nacional conseguido na última prova do atleta João Pires que irá assim ter a sua estreia em campeonatos nacionais no Jamor.

Sendo esta a última competição distrital desta época, seguem-se agora os nacionais de infantis em Setúbal nos dias 24 e 25 de Julho e os nacionais de juvenis e absolutos na semana seguinte.

Paulo Vakulyuk disputou o Campeonato da Europa de Juniores em Roma entre os dias 6 e 11 de julho.. Foto: CNTN

JÚNIORES PORTUGUESES COM PRESTAÇÃO “BASTANTE POSITIVA”

Terminou no domingo o Campeonato da Europa de Juniores na cidade de Roma. Na primeira prova da manhã de domingo, Gustavo Ribeiro competiu na prova de 400m Estilos e terminou com o tempo de 4:33.24.

À tarde, Mariana Cunha fechou a sua participação portuguesa no Europeu ao participar na final dos 100m Mariposa e completando a distância em 1:00.37 ocupando a sétima posição.

Em género de balanço, Daniel Marinho, Selecionador Nacional do escalão Júnior considerar que “foi uma participação bastante positiva da Seleção Júnior no Campeonato da Europa” uma vez que um dos principais objetivos era a superação dos tempos de acesso ao Europeu e isso foi “alcançado pela maioria da equipa, o que permitiu entrar nos 16 primeiros lugares e nadar nas sessões da tarde com regularidade.”

Daniel Marinho refere como ponto alto “o segundo lugar do pódio alcançado pelo Diogo Ribeiro, nos 100m Mariposa” bem como as “11 classificações entre os 16 primeiros meias e 6 finais alcançadas por 4 nadadores diferentes”. No plano individual, o Selecionador realçou os “19 recordes pessoais, 12 recordes nacionais do escalão Júnior e ainda 2 recordes nacionais absolutos”.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome