- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Torres Novas | Oposição considera que não há condições para co-gestão de áreas protegidas

A Assembleia Municipal de Torres Novas aprovou, por maioria, a transferência de competências para o município das áreas protegidas. O tema contou com os votos contra do Bloco de Esquerda (BE) e da CDU, que consideraram não haver condições para a Câmara Municipal assumir a co-gestão de espaços como a Reserva Natural do Paul do Boquilobo de forma responsável.

- Publicidade -

Da parte do BE, Rui Alves Vieira considerou que o município está a assumir competências que não lhe pertencem, comentando que “co-gestão” vai provavelmente descambar em “congestão”. Conforme frisou, o financiamento continua a partir do Governo, pelo que a transferência de competências torna-se numa desresponsabilização do poder central sobre as mesmas.

Já Cristina Tomé, da CDU, argumentou que o município não dispõe de condições para assumir a competência da co-gestão das áreas protegidas.

- Publicidade -

O tópico acabaria por ser aprovado pelo PSD e pela maioria PS e com os votos contra de ambas as bancadas da CDU e BE.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome