PUB

Torres Novas | Obras de Pedro Cabrita Reis celebradas em três espaços da cidade

O artista plástico Pedro Cabrita Reis apresenta em Torres Novas a sua exposição “Cabrita”. A inauguração ocorre dia 4 de dezembro, sexta-feira, pelas 18h00, na Praça do Peixe, havendo também obras suas expostas, até 10 de abril, no Museu Municipal de Torres Novas e na Galeria Neupergama, que assinala com esta grande mostra o seu 40º aniversário.

PUB

Pedro Cabrita Reis é um dos mais conceituados artistas plásticos portugueses da atualidade, com obras integradas em grandes coleções nacionais e internacionais. Representou Portugal na 50ª edição da Bienal de Veneza e a Fundação de Serralves, no Porto, expôs uma retrospectiva da sua obra no ano passado: “A Roving Graze” (Um Olhar Inquieto).

“Um olhar inquieto”, exposição de Cabrita Reis em Serralves, no Porto, em 2019/2020. Créditos: DR

PUB

Essa inquietação e a vontade de experimentar formas diferentes de olhar o mundo marcam o seu percurso. Foi jardineiro e voluntário na Força Aérea, mas desde muito pequeno soube o que queria ser: artista. Em 1973 entrou para a Faculdade de Belas-Artes de Lisboa mas, com o 25 de Abril, os estudos ficaram um pouco de lado – levou 10 anos a concluir a licenciatura. Foi trabalhando sempre e experimentando várias técnicas, e a sua obra inclui desde desenhos a grafite e pastel, à pintura em larga escala, instalações luminosas de dimensão arquitectónica ou esculturas em vários materiais.

“Central Tejo”, de Pedro Cabrita Reis, junto à Fundação EDP, em Lisboa. Créditos: Gonçalo Rosa da Silva/Fundação EDP

Na região há uma escultura sua integrada no Parque de Arte Contemporânea de Almourol, em Vila Nova da Barquinha. Chama-se precisamente “O Castelo”, namorando as linhas do monumento templário que se ergue no meio do Tejo, ali mesmo ao lado.

“O Castelo”, de Pedro Cabrita Reis, em Vila Nova da Barquinha. Créditos: Fundação EDP

PUB
PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).