- Publicidade -

Sexta-feira, Dezembro 3, 2021
- Publicidade -

Torres Novas | NERSANT dinamiza Projeto de Inovação na Gestão no Ribatejo

Dezassete empresas da região do Ribatejo implementaram e certificaram sistemas de gestão através do RING – Ribatejo Inovação na Gestão, projeto promovido pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, com o apoio do Compete 2020. Os certificados de participação no projeto foram entregues em Torres Novas, na sede da associação, no dia 20 de novembro.

- Publicidade -

Na cerimónia de encerramento do projeto estiveram presentes o Vice-Presidente da Direção da NERSANT, Domingos Chambel, o Secretário Técnico do Compete 2020, Francisco Nunes e o Presidente do Conselho Diretivo do IAPMEI, Jorge Marques dos Santos, que entregaram os certificados de participação às empresas presentes.

O Vice-Presidente da Direção da NERSANT aproveitou a ocasião para congratular as empresas presentes por mais este passo. “A economia tem vindo a transformar-se ao longo dos tempos. Dispõe atualmente de novas abordagens, de novas tecnologias, e, logo, necessita de novas formas de gestão”, começou por dizer Domingos Chambel, acrescentando e advertindo os presentes que “atualmente quem consegue vender é quem tem conhecimentos. E em boa hora estas empresas entenderam dotar-se de conhecimentos”.

- Publicidade -

Domingos Chambel referiu-se ainda ao projeto RING, que permite a implementação (ou atualização) e certificação de sistemas de
gestão da Qualidade e da Segurança Alimentar, como “uma aposta muito interessante neste novo paradigma económico”.

“Empresas que não têm um referencial normativo, não se conseguem afirmar”, rematou.

Francisco Nunes, representante do Compete 2020, afirmou que “é muito importante perceber que este apoio do Compete 2020 ao projeto promovido pela NERSANT se materializou em resultados, mas também que, para além da mais-valia financeira, as empresas ficaram a ganhar com a troca de experiências entre todos, uma vez tratar-se de um projeto conjunto”.

O Presidente do Conselho Diretivo do IAPMEI, José Marques dos Santos, reiterou a opinião dos anteriores oradores ao afirmar a importância do projeto RING. “Não basta captar conhecimento. É preciso mantê-lo dentro da empresa, pelo que a implementação de sistemas de gestão é essencial. São eles que mantêm o conhecimento dentro da empresa, porque as pessoas podem um dia sair. Que essa vitalidade fique captada em processos e sistemas”, alertou, acrescentando ainda que a certificação não é o fim do processo, mas sim o início. “Com a certificação, começou a melhoria contínua”, frisou.

No caso das 17 empresas que integraram este projeto, o Sistema de Gestão mais procurado foi o Sistema de Gestão da Qualidade, no total de 13 empresas. Oito empresas efetuaram a revisão da Norma ISO 9001 para a versão 2015 e certificaram-se de acordo com a mesma e outras cinco empresas optaram pela implementação de raiz e certificação do Sistema de Gestão da Qualidade. O Sistema de Gestão de Segurança Alimentar foi ainda implementado e certificado em quatro empresas do distrito de Santarém.

Quanto aos concelhos de origem das empresas, a maior parte é de Santarém (quatro), seguindo-se os concelhos de Benavente e Ourém, com três empresas cada um. Torres Novas, Abrantes, Alpiarça, Azambuja, Cartaxo, Constância e Tomar tiveram uma empresa aderente.

O RING é um projeto promovido pela NERSANT, através do qual a associação pretendeu realizar uma “intervenção de fundo nas empresas participantes, desenvolvendo ações de modernização e melhoramento das metodologias e processos de gestão, na área da Otimização de Processos, quer ao nível administrativo quer ao nível produtivo, incorporando abordagens Lean e possibilitando a atualização/certificação de novos sistemas de gestão a implementar, tais como a implementação / revisão de Sistemas de Gestão da Qualidade  e a implementação de Sistemas de Gestão de Segurança Alimentar”.

Este é um projeto conjunto, submetido e dinamizado pela NERSANT, que contou com o apoio do Compete 2020 no financiamento a 50% (não reembolsável).

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome