Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | NERSANT apoia candidaturas ao Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego

A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, está à disposição das empresas da região nos seus processos de candidatura ao SI2E – Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego, que visa apoiar de forma simplificada pequenos investimentos empresariais de base local e complementar os atuais incentivos às empresas do domínio da competitividade.

- Publicidade -

O período de candidaturas a este apoio foi reaberto, para os territórios de intervenção da APRODER e Charneca Ribatejana, podendo as empresas com investimentos nestas regiões submeter os seus projetos até 12 de outubro.

O SI2E pretende estimular o surgimento de iniciativas empresariais e a criação de emprego em territórios de baixa densidade e por essa via promover o desenvolvimento e a coesão económica e social do país.

- Publicidade -

“Não se aplica exclusivamente aos territórios de baixa densidade, o SI2E favorece através de majorações específicas os investimentos nelas realizados e sobretudo cria condições para uma maior dinâmica empresarial ao ajustar tipologias de projetos às condições reais das micro e pequenas empresas do interior”, explica a NERSANT em comunicado.

O sistema de incentivos financia investimentos até 100.000,00 EUR (no caso dos avisos abertos), sendo condição obrigatória a criação líquida de postos de trabalho (pelo menos um). O período máximo de investimento é 18 meses. São passíveis de financiamento a criação e expansão ou modernização de micro e pequenas empresas. O incentivo a fundo perdido pode ir de 30 a 60%.

São elegíveis a aquisição de máquinas, equipamentos, respetiva instalação e transporte, a aquisição de equipamentos informáticos e software, a conceção e registo associados à criação de novas marcas ou coleções, serviços de arquitetura e engenharia relacionados com a implementação do projeto, material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade em que seja imprescindível à execução da operação (limite de 90% do valor total elegível), estudos, diagnósticos, auditorias, planos de marketing e projetos de arquitetura e de engenharia essenciais ao projeto de investimento (até limite de 15% do total elegível), obras de remodelação ou adaptação, desde que contratadas a terceiros não relacionados com o adquirente beneficiário dos apoios, indispensáveis à concretização do investimento (até limite de 60% do total elegível) e ainda a participação em feiras e exposição no estrangeiro (até limite de 15% do total elegível – limite 10% no caso da APRODER).

Na região, as candidaturas poderão ser apresentadas a duas entidades distintas, tendo em conta a localização do investimento a realizar. À APRODER, candidatam-se projetos dos concelhos de Azambuja, Cartaxo, Rio Maior e Santarém (com exceção do perímetro urbano) e à Charneca Ribatejana devem ser submetidos os projetos dos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Golegã e Salvaterra de Magos.

A primeira fase de candidaturas a este novo aviso do SI2E termina no dia 12 de outubro, e a segunda no dia 31 de dezembro.

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome