Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Setembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | Município vai ter unidade móvel de intervenção precoce

O executivo municipal de Torres Novas aprovou na reunião de 3 de janeiro a minuta de protocolo de colaboração com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS LVT), referente à candidatura “Unidades Móveis de Intervenção Precoce – Unidades Móveis para Cuidados de Saúde na Comunidade”.

- Publicidade -

- Publicidade -

Segundo informação do município, “este protocolo permitirá que seja colocada uma viatura adaptada para cuidados de saúde na comunidade do concelho de Torres Novas, cuja propriedade pertencerá ao município”.

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) “submeteu a candidatura «Unidades Móveis para Cuidados de Saúde na Comunidade» ao Aviso de Concurso N.º CENTRO-42-2016- 01 do Programa Operacional Regional Centro 2020”, com uma taxa de cofinanciamento de até 85% do total do investimento elegível, para aquisição de 13 viaturas elétricas adaptadas para as unidades de cuidados na comunidade nos municípios integrantes da CIM Médio Tejo, no âmbito de atividades de prestação de cuidados de saúde às respetivas populações”, explica a informação.

- Publicidade -

O protocolo aprovado define a cooperação relativa ao aluguer de baterias da viatura adaptada para a unidade móvel, esclarece. “Nesse sentido, constituem obrigações do município de Torres Novas a contratação e o pagamento dos encargos com os seguros de responsabilidade civil automóvel e seguro de ocupantes; o pagamento do aluguer das baterias para manuseamento da viatura elétrica; o cumprimento das normas legais vigentes e aplicáveis à utilização das viaturas; suportar todos os encargos necessários à utilização e funcionamento adequado das viaturas, que não se encontrem expressamente previstos no número seguinte”.

Já a ARS Centro suporta o “pagamento ao município de Torres Novas, o valor, por ele, despendido, referente ao aluguer de baterias; pneus e outras peças cujo desgaste resulte do uso da viatura, incluindo manutenção de mecânica; limpeza necessária ao adequado uso das viaturas; disponibilizar os técnicos de saúde bem como o material de consumo clínico e médico necessário para a utilização da viatura; zelar pela boa conservação e funcionalidade das viaturas, não fazendo da mesma uso indevido e imprudente; não utilizar as viaturas para fim diverso do estabelecido no presente protocolo; restituir os veículos em boas condições, sem prejuízo das alterações decorrentes do uso normal e prudente dos mesmos, aquando da cessação do protocolo”.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome