- Publicidade -

Torres Novas | Município quer transformar Lagar de Rexaldia em polo cultural

A  Câmara  Municipal  de Torres Novas vai proceder à aquisição de um prédio conhecido como “Lagar da Rexaldia”, em Rexaldia, para resolver um problema de perigosidade rodoviária e transformar o local num polo cultural. A oposição PSD e BE absteve-se neste tópico, considerando o valor da compra excessivo, estimado em cerca de 60 mil euros.

- Publicidade -

Esta aquisição tem como objetivo tentar resolver uma situação de perigosidade rodoviária no centro da aldeia de Rexaldia. O edifício, construído há muitos anos, conflitua com o trânsito, tapando a visibilidade a quem circula. Por outro lado, o município pretende demolir a parte do edifício que retira visibilidade a quem conduz naquela zona e adaptar o velho Lagar (e toda a área disponível que inclui um logradouro com uma área substancial) a um polo cultural e recreativo, implantado no centro da aldeia.

“Pretende-se que esta aquisição venha a contribuir para o enriquecimento da qualidade de vida daquela aldeia e freguesia, promovendo neste caso maior segurança rodoviária e gerando desafios nos campos político, social, cultural e associativo para se tirar partido dum património emblemático que urge preservar e promover, sempre em parceria com o município, como proprietário”, conclui.

- Publicidade -

Estas foram essencialmente as mesmas informações transmitidas pelo presidente, Pedro Ferreira (PS), que levantaram várias dúvidas tanto ao PSD como ao BE. António Nobre (PSD) constatou que existe uma avaliação do edifício que o coloca nos 38 mil euros, sendo que as Finanças o avaliaram em 22 mil euros. Questionou assim o porquê da compra por 61 mil euros.

Pedro Ferreira considerou que o prédio foi avaliado “por baixo”, convidando a oposição a visitar o local. A oposição acabaria por abster-se, sendo aprovada a aquisição pela maioria socialista.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).