Torres Novas | Município compra ex-edifício da CGD por 200 mil euros

Foto: CMTN

O antigo edifício da Caixa Geral de Depósitos (CGD), situado junto à praça 5 de outubro, no centro histórico de Torres Novas, vai ser adquirido pelo município por um montante de cerca de 200 mil euros. A aquisição foi a aprovada por maioria na reunião camarária de quarta-feira, 14 de outubro, recebendo críticas tanto do PSD como do BE. O espaço deverá albergar, segundo o presidente da Câmara, Pedro Ferreira (PS), a StartUp de Torres Novas.

PUB

O edifício tem três pisos e integra o esforço municipal por recuperar o centro histórico torrejano, fortemente degradado, e onde a Câmara Municipal já comprou habitações para recuperar e arrendar.

“É mais um passo para que haja movimento no centro histórico da cidade”, argumentou o presidente, explicando que se pretende transferir para o espaço a StartUp Torres Novas, que tem que sair do edifício B do Convento do Carmo devido à instalação da Loja do Cidadão.

PUB

O preço da negociação do edifício já esteve mais alto, comentou o presidente, mas conseguiu-se fixar nos 200 mil euros a compra.

A proposta de aquisição obteve a abstenção do PSD e o voto contra do BE. Não obstante, Quaresma de Oliveira (PSD) levantou várias dúvidas quanto à compra do ex-edifício da CGD e o montante envolvido, constatando que o município é dono do velho edifício da Galinha Gorda, também no centro histórico, que poderia albergar a StartUp.

PUB

Para o vereador, falta “estratégia de reabilitação urbana” ao executivo socialista. Segundo argumentou, com os mesmos 200 mil euros o município poderia comprar mais edifícios degradados e demoli-los para “abrir” o centro histórico e torná-lo mais atrativo. “Parece que existe falta de visão para o futuro. Vocês pensam no imediato”, comentou.

Da parte de Graça Martins (BE) ficou a crítica à ausência de uma reunião com a oposição para debater as alternativas. “Não existe nenhuma necessidade de mais esta aquisição”, AFIRMOU, enumerando um conjunto de edifícios que o município possui e que poderiam receber a StartUp. Referiu também que à compra têm que se acrescentar mais 30 mil euros na recuperação do edifício.

Na resposta aos vereadores, Pedro Ferreira frisou a necessidade de intervir rapidamente no centro histórico e evitar que se degrade ainda mais.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here