Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | Minutos Mágicos de Mário Daniel no Teatro Virgínia

Mário Daniel está de volta a Torres Novas e atua este sábado, dia 30 de novembro, no Teatro Virgínia, a partir das 21:30. O consagrado mágico com o maior share de audiências de televisão portuguesa da última década está de regresso aos palcos de Portugal com um novo e interativo espetáculo criado para a intensa participação do público, “Minutos Mágicos – O Espetáculo”.

- Publicidade -

Não consegue acreditar nos seus próprios olhos quando vê Mário Daniel na televisão a fazer as suas incríveis e inexplicáveis ilusões? Acha impossível? Truque de camera? Então prepare-se para se arrepiar quando o vir ao vivo, num palco próximo de si, mesmo diante dos seus olhos, a quebrar todas as regras da lógica.

Num espetáculo para toda a família que desafia o espectador e os seus sentidos, que faz até os mais céticos acreditarem no impossível, Mário Daniel mantém o seu característico sentido de humor e descontração, levando toda a plateia por uma viagem sem clichés ao mundo da magia.

- Publicidade -

O interesse pela magia nasceu com Mário Daniel mas a sua primeira experiência nesta arte deu-se aos 14 anos. É licenciado em Educação Física mas a magia sempre foi a sua maior paixão e por isso a sua verdadeira ocupação profissional. Já ganhou inúmeros prémios e títulos, percorreu todo o país com “Fora do Baralho. Realizou num só mês 32 espetáculos no famoso Magic Castle em Hollywood, uma das maiores referências do mundo da magia.

“The Movie” é um dos truques por ele criado e que é vendido apenas para profissionais, revelando-se já um sucesso junto da comunidade mágica. Em 2018 regressou à TV com a 4a temporada de “Minutos Mágicos”, programa líder de audiências do qual é coautor e apresentador.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome