Sexta-feira, Fevereiro 26, 2021
- Publicidade -

Torres Novas | Lebowski Fest Zibreira cancelado, organização acusa autarquia

A estreia do Lebowski Fest em Portugal estava agendada para este sábado, dia 29, na Zibreira. No entanto, o evento foi cancelado com um post na página do facebook em que a organização assume a falta de “capacidade logística para lidar com os vários problemas que surgiram à última da hora”. Horas antes do anúncio, o mediotejo.net conversou com um dos elementos, João Ribeiro, que acusou a Câmara Municipal de retirar o apoio prometido e, depois do cancelamento, com o presidente da autarquia torrejana, Pedro Ferreira, que diz ser “mentira”.

- Publicidade -

A realização do Lebowski Fest Zibreira estava em “sério risco” quando conversámos com João Ribeiro esta terça-feira, dia 25. Segundo o elemento da organização – um grupo independente de jovens incubado na StarUp Torres Novas e responsável por projetos como os “Junkyard Hounds” – a causa estaria na falta do material necessário que, alegadamente, a Câmara Municipal de Torres Novas terá prometido.

O festival celebra anualmente “O Grande Lebowski”, realizado pelos irmãos Coen em 1998, e o cartaz incluía a exibição do filme, uma exposição de arte, música com Loverman DjSet, Vic James, Zanibar Aliens e Dj Atary, artesanato, apresentação de um livro de Carlos Margarido, stand-up comedy com Pedro Alves e Nuno Curva, poesia com Cláudia Teixeira e Ricardo Rabanete, um concurso de cosplay e outros momentos.

- Publicidade -

Segundo João Ribeiro, a carrinha que transportava o material chegou a estar no local na segunda-feira, mas o descarregamento foi impedido por um telefonema. Mais tarde, acrescenta, terá visto o email da autarquia, enviado nessa tarde, a referir que o apoio não seria concedido. Apoio esse que, segundo João Ribeiro, foi assumido “numa reunião com a vereadora da cultura, Elvira Sequeira”. Dessa reunião, admite, não resultou qualquer documento escrito, mas indica o email em que era perguntado qual o material necessário.

O festival celebra o filme “O Grande Lebowski”, realizado pelos irmãos Coen em 1998

Contactada esta quarta-feira pelo mediotejo.net, a vereadora confirmou que a referida reunião aconteceu, na qual foi concedido apoio logístico, nomeadamente “um palco”, mas remeteu o assunto para o presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, alegando desconhecer os últimos acontecimentos pois tem estado “fora do país”, na Macedónia. Pedro Ferreira, contactado de seguida, referiu que a acusação de João Ribeiro “é mentira”.

Segundo o autarca, o município “não pode estar a pôr meios públicos à disposição de privados” sem a aprovação em reunião camarária e acrescenta que “não fechámos as portas”. O presidente acrescentou que sugeriram à organização efetuar o pedido “através da Junta de Freguesia da Zibreira ou de uma associação”, o que não terá acontecido, e que alguns elementos do grupo de jovens tiveram uma reunião com o seu chefe-de-gabinete, Manuel Vicente, “ontem ou anteontem” na qual lhes foi explicada a situação.

A organização indica na página de facebook do evento que assume “toda a culpa do cancelamento do mesmo e lamentamos, não ter tido a capacidade logística para lidar com os vários problemas que surgiram à última da hora”, referindo “motivos de força maior e alheios à organização” que fizeram com que ficassem “sem parte do equipamento necessário para a realização do evento”. Nas redes sociais já se pergunta porquê e há quem acuse o “poder instalado”.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).