Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Outubro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas investe 700 mil euros na reabilitação do Prédio Alvarenga

A Câmara de Torres Novas deu início ao procedimento de adjudicação por ajuste direto da empreitada da obra «Reabilitação do Prédio Alvarenga» à empresa Odraude-Construção Civil e Obras Públicas Lda., de Alvaiázere, pelo montante de 712.433,57 euros, acrescido de IVA, e com um prazo de execução de 12 meses.

- Publicidade -

Segundo a autarquia, no âmbito desta intervenção incluída no PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, pretende-se “reabilitar o que é possível restaurar do prédio existente e edificar um edifício com características construtivas contemporâneas em diálogo com a construção atual, mantendo a morfologia do edificado”.

Isto é, mantém-se a parte da fachada existente, reabilitando-a e um edifício contemporâneo nasce no seu interior. O objetivo é tornar o conjunto flexível a vários usos, permitindo que os espaços funcionem em conjunto, ou em autonomia, consoante as utilizações futuras que se queiram promover no edifício, em que se incluirá o Centro de Interpretação de Arqueologia e História da cidade.

- Publicidade -

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. Ajuste directo para uma obra de mais de 700 mil euros? Mas não existem empresas de construção civil suficientes para justificar um concurso público? Ou já ocorreu um concurso público sem interessados?

Responder a Joao Cancelar resposta

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome