Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

Torres Novas: Há uma Start Up a potenciar negócios no Convento do Carmo (c/vídeo)

A Start Up Torres Novas, instalada no primeiro piso do requalificado Convento do Carmo (de frente para a Avenida Dr João Martins de Azevendo) foi inaugurada esta segunda-feira, 17 de outubro, com a presença do Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos. Um espaço amplo, com várias salas para “incubar” ideias e uma equipa de assessores em várias áreas, assim como linhas de financiamento, para ajudar a desenvolver empresas que possam potenciar o concelho de Torres Novas. Há já cinco negócios a arrancar, voltados sobretudo para a área tecnológica, mas a Start Up está aberta a todo o tipo de ideias.

- Publicidade -

Segundo informação do município há cinco projetos a arrancar, mas no momento da inauguração da Start Up Torres Novas foram apresentados apenas quatro: “Rural Vivo”, uma aposta no turismo junto do agricultor; “AppyFans”, uma aplicação de telemóvel que pretende aproximar as lojas dos consumidores; “Os Foragidos”, uma equipa de quatro sócios que pretende mostrar o património natural de Portugal através de uma web series; “Outdoor Training Program”, uma aplicação de telemóvel para ajudar a fazer desporto nos equipamentos de desporto natureza instalados nos parque das cidades.

Start Up está instalada no 1º piso do Convento do Carmo. FOTO: mediotejo.net
Start Up está instalada no 1º piso do Convento do Carmo. FOTO: mediotejo.net

- Publicidade -

Para além destes projetos, já numa fase mais avançada, há mais 10 candidaturas que aguardam aprovação, nas áreas da agricultura, ‘design’, alimentação, tecnologia, desporto, turismo, cultura e artes criativas. Segundo o presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, “as novas tecnologias vieram aproximar as pessoas do poder local” e encontramo-nos num “novo ciclo de vida autárquica”. Combatendo o decréscimo da economia que potencia a diminuição da população, o objetivo desta Start Up é “fabricar ideias e dar-lhes vida” num clima de entreajuda.

Ao mediotejo.net, Pedro Ferreira adiantou que a futura Loja do Cidadão vai localizar-se no rés-do-chão deste edifício requalificado do Convento do Carmo, no andar inferior à Start Up. Quanto à passagem da Câmara Municipal para a estrutura, ainda não é certo se será possível fazer esta transferência, ainda que de forma provisória.

Secretário de Estado da Indústria lembrou que estas apostas também são Economia. FOTO: mediotejo.net
Secretário de Estado da Indústria lembrou que estas apostas fazem parte da nova economia. FOTO: mediotejo.net

“Estamos abertos a tudo, não vamos impedir nenhuma ideia”, salientou o autarca. Quem quiser usufruir deste espaço vai poder discutir as suas ideias com pessoas ligadas aos fundos comunitários, ao meio empresarial e ainda poderá contar com alguns benefícios junto dos bancos.

São parceiros desta iniciativa da Câmara de Torres Nocas a  Associação Empresarial da Região de Santarém, a Associação Nacional de Jovens Empresários, o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação, os institutos do Emprego e Formação Profissional e politécnicos de Leiria e de Tomar, além do ISCTE e da “StartUp Lisboa”.

Já João Vasconcelos aproveitou a oportunidade para fazer um elogio ao trabalho empreendedor desenvolvido pela empresa Renova ao longo dos anos. “Não é em qualquer sítio que uma empresa como a Renova pode crescer”, frisou. Destacando que este tipo de apostas fazem parte de uma “nova economia”, num cruzamento entre tecnologia, cultura e indústria que trará no futuro grande “criatividade” ao setor.

c/Lusa

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).