- Publicidade -

Terça-feira, Janeiro 18, 2022
- Publicidade -

Torres Novas | Feira dos Frutos Secos cresceu e tem este ano mais diversidade (c/vídeo e fotogaleria)

Mais diversidade, mais bancas de frutos secos, com oferta de frutos ao estilo turco e figo da Índia, são algumas das novidades deste ano na 32ª Feira Nacional de Frutos Secos de Torres Novas. Até este domingo, 8 de outubro, a praça 5 de outubro recebe 56 expositores e um programa de animação que contempla um seminário dedicado ao futuro dos frutos secos e a passagem da RTP pelo certame este sábado.

- Publicidade -

A Banda Operária Torrejana abriu a Feira de Frutos Secos na noite de 4 de outubro, quarta-feira, introduzindo a passagem do executivo municipal pelas bancas, por forma a dar as boas vindas aos expositores. Este ano, adiantou o responsável da Feira ao mediotejo.net, António Ferreira, há mais bancas, com maior oferta nos frutos secos e menos nos produtos diversos (cosmética, etc) que costumam compor a Feira.

Entre a oferta menos tradicional, para além do expositor de “delícias turcas”, está o figo da Índia, um projeto novo na região que está a mostrar-se no certame. A Feira tem também uma apresentação dos stands um pouco diferente este ano, em tons mais escuros.

- Publicidade -

Depois de em 2016 a Feira ter surpreendido os próprios vendedores com o nível da afluência, o regresso da transmissão da RTP ao certame perspetiva novos resultados positivos. A “feira tem vindo a crescer”, destacou o presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, ao mediotejo.net. “Apesar dos anos passados, da crise do figueiral, acaba por ser um factor sócio-económico extremamente importante para a região”, constatou.

Na mente do autarca não está esquecida a denominação de origem do figo preto, assim como as possibilidades do figo ser uma fonte de empreendedorismo no concelho.

- Publicidade -

 

 

 

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome